Sobre Psicóloga Thaiana F. Brotto

CRP 106524/06. CEO do consultório Psicologo e Terapia. Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC
Você é o seu pior algoz?

Como você se trata? Com amor ou com rigidez?

Não é difícil cair na armadilha da falta de amor-próprio e se tornar o seu pior algoz. Embora algumas pessoas tenham tendência natural a isso devido à mentalidade pessimista, todos nós podemos começar a alimentar pensamentos autodestrutivos em algum momento da vida.

Como a tendência é se acostumar com os próprios comportamentos, sejam esses bons ou maus, você pode não ter percebido que é o seu pior inimigo.

Na verdade, você pode querer atribuir o seu mal-estar psicólogo a outras pessoas, a acontecimentos ou qualquer outro elemento externo, sem perceber que a fonte do seu sofrimento é interior.

Continue lendo
Ano novo, vida nova: como fazer resoluções que se concretizam

O Ano-novo é um momento de transformação. É comum ocorrerem reflexões sobre as experiências vividas no ano que passou e a definição de resoluções para o próximo.

As metas da virada do ano acompanham o clima de “metamorfose” das festividades, onde deixamos para trás o velho “eu” e abrimos espaço para o novo “eu”.

Continue lendo
Será que você tem mania de controle?

“Mania de controle” é o termo popularmente usado para descrever hábitos controladores de pessoas que têm necessidade de ordenar tudo.

O controle não está somente relacionado à organização de objetos pessoais ou de cômodos da casa. Segundo psicólogos, ele também exerce influência sobre os relacionamentos e o estado de humor.

Continue lendo
Como enfrentar pressões sociais e ser você mesmo

Você já deixou de fazer algo por causa de outras pessoas? Ou por que o que você quer não está de acordo com as expectativas alheias? As pressões sociais podem fazê-lo mudar as suas escolhas e objetivos de vida para se encaixar em padrões pré-estabelecidos por terceiros.

As pessoas são ensinadas a viver de acordo com a cultura predominante na sociedade e no ambiente familiar. Alguns ensinamentos podem entrar em conflito com as crenças, opiniões e aspirações construídas conforme as experiências de vida de cada indivíduo. Assim, originam-se conflitos internos e sofrimentos variados, os quais podem interferir em suas escolhas. 

Continue lendo
Será que você vive em negação?

Quase todo mundo já enfrentou situações desconfortáveis ou traumáticas. Para se proteger contra a sobrecarga de emoções causada por elas, as pessoas fazem de tudo para esquecer memórias e lutar contra sentimentos. É assim que entram em negação.

Esse estado de rejeição da realidade tende a ser reconfortante. É fácil nos aconchegarmos nele e vivermos assim, sem aceitar o presente ou as condições extenuantes do trauma. Entretanto, o confortável nem sempre é o mais correto, especialmente quando o assunto é emoções. 

Continue lendo
Dicas para estabelecer metas realistas e alcançar objetivos

Estabelecer objetivos é fácil. Você só precisa escrever uma série de aspirações que deseja conquistar algum dia. Pode sonhar e imaginar os cenários mais absurdos à vontade. As partes difíceis são a definição de metas alcançáveis e a realização dos movimentos de mudança necessários para cumpri-las.

É geralmente nessa etapa que as pessoas empacam. Dependendo da meta estabelecida, podem permanecer meses ou anos tentando avançar para a próxima.

Continue lendo
Irritado sem motivo? Pode ser um sinal de depressão!

A irritabilidade persegue você?

É verdade que, às vezes, o mundo parece não fazer sentido. As notícias ruins não tem fim, sejam na TV, no trabalho ou proferidas por uma vizinha. Fatores que antes você não dava importância agora o tiram do sério, como o trânsito, a fila para usar o caixa eletrônico, a conversa fiada dos seus colegas de trabalho, e até o alto astral de um desconhecido. Afinal, como alguém consegue ser tão feliz?

Qualquer palavra ou atitude de terceiros, por mais simples que seja, é o suficiente para causar uma explosão de irritação em seu interior. Assim que a raiva passa, no entanto, você se questiona porque reagiu daquela maneira e sente remorso por ter sido grosseiro.

Continue lendo
O relacionamento esfriou? Confira 7 dicas para reviver o amor!

Os relacionamentos amorosos não são feitos somente de amor abundante, carinho e alegria. Assim como as demais relações que cultivamos, eles são vítimas de altos e baixos, provenientes de períodos turbulentos da vida.

Gostamos de cultivar ideias maravilhosas sobre o amor romântico. Até certo ponto, elas correspondem à realidade. Quando estamos apaixonados, vivemos em uma bolha de felicidade. As emoções mais gostosas afloram e o coração acelera quando nos encontramos com a pessoa amada. É como se construíssemos um mundo próprio, envolto somente em coisas boas.

Continue lendo
Depressão na adolescência: como os pais podem ajudar os filhos?

A depressão na adolescência pode deixar os pais imensamente preocupados. Esta fase é caracterizada por um súbito afastamento dos filhos. Em virtude da busca pela individualidade e posição na hierarquia social adolescente, eles evitam tudo que lembre dependência e infantilidade.

Querem mostrar aos outros que são donos de suas vidas e, sobretudo, sentir que estão no comando de suas decisões. Por isso, a partir da puberdade, o comportamento dos filhos passa a ser uma incógnita para os pais ou tutores. Segundo psicólogos, uma mudança radical de atitude é esperada, mas oscilações de humor inconstantes podem indicar alguma condição psicológica.

Continue lendo

O Outubro Rosa é um movimento dedicado à conscientização das pessoas, especialmente das mulheres, sobre a importância dos exames de rotina para o diagnóstico do câncer de mama. Além disso, o autoexame e a saúde mental das pacientes são debatidos com maior enfoque durante todo o mês de outubro.

Embora seja importante abordar todos os impactos físicos do câncer de mama, também deve-se dedicar atenção à saúde mental das mulheres que recém receberam o diagnóstico e as que convivem com a doença há mais tempo. Ambas as situações são difíceis e podem ser emocionalmente exaustivas.

Continue lendo
estagnacao-como-combater-a-sensacao-de-vida-estagnada

A estagnação acontece quando sentimos estar parados no tempo, incapazes de evoluir, sem compreender exatamente o porquê. Ela pode afetar diversas áreas da vida, como a vida financeira, amorosa e emocional. Por mais que se tente se livrar dessa sensação desagradável, ela parece nos perseguir.

Além disso, só notamos a sua presença quando fazer as coisas mais simples se transforma em um verdadeiro sacrifício. A tensão psicológica e física se tornam constantes difíceis de combater. Quando nos sentimos estagnados, também nos sentimos vazios e desanimados, sem vontade de vencer o cansaço.

Como acabar com a barreira invisível que parece tê-lo aprisionado em uma redoma? Como se apoderar novamente das suas ações, sentimentos e ações? No post de hoje, vamos entender tudo sobre a estagnação!

Continue lendo
5-maneiras-de-controlar-a-ansiedade-na-quarentena

A ansiedade na quarentena se tornou um grande problema para os brasileiros. Conforme um estudo da Universidade do Rio de Janeiro, o número de casos de ansiedade aumentou em 80% desde o início do isolamento social no Brasil.

Entre os participantes, as mulheres demonstraram mais propensão a sofrer com estresse e angústia. Indivíduos que precisam sair de casa para trabalhar ou possuem doenças preexistentes, especialmente as consideradas comorbidades, também demonstraram estar mais ansiosas.

Como a pandemia é um momento atípico que não envolve somente o brasileiro e o seu modo de viver, mas o mundo todo, essa perturbação na saúde mental é esperada. Qualquer situação altamente estressante pode resultar em um cenário semelhante, na verdade. Consequemente, a procura por psicólogos também aumentou. A iniciativa de buscar ajuda profissional está correta! É preciso cuidar de você mais do que nunca neste período delicado.

Continue lendo
estagnado-na-vida-entao-siga-esses-passos

Todos nós já passamos ou passaremos, em algum momento, por uma sensação de necessidade de mudança, seja essa mudança interna ou externa. No artigo a seguir, falarei um pouco mais sobre o que pode ser essa necessidade e como é possível vivenciá-la efetivamente. Acompanhe.

Você já sentiu que precisava mudar alguma coisa em sua vida, porque da maneira que as coisas estavam caminhando não estava bom?

Você já sentiu como se a vida estivesse parada, como se você estivesse apenas “empurrando as coisas com a barriga”?

Em algum momento você percebeu que precisava mudar o seu estilo, seu cabelo, ou mesmo a escolha da faculdade e a profissão?

Segundo o que afiram os psicólogos, se você nunca sentiu nenhuma dessas sensações, pode ser que em algum momento elas aconteçam. Mas não se assuste. Tudo isso reflete apenas uma fragilidade que está sendo vivenciada ou um vazio emocional que precisa ser preenchido de maneira saudável.

Continue lendo
sera-que-voce-vive-no-passado

“Por que será que não consigo parar de pensar no meu passado?”. No artigo a seguir falaremos sobre alguns dos comportamentos mais comuns de pessoas que não conseguem se desapegar do passado. Acompanhe.

Quando alguém comenta que não consegue parar de pensar no passado, pode ser para um, algo nostálgico, mas para outro, algo perturbador. Será que você vive no passado? Por que você acha que não consegue superar isso?

Segundo o que apontam os psicólogos, um dos motivos mais comuns para uma pessoa se sentir conectada ao passado é por alguma cicatriz emocional que ainda está aberta, ou por uma sensação – muitas vezes ilusória – de algo que pode não ter sido concluído da maneira que ela acha que deveria.

Continue lendo
10-sintomas-da-depressao-para-se-atentar

Os sintomas da depressão nem sempre são fáceis de identificar. Uma das características da depressão é ser silenciosa. Ela começa como uma mistura constante de tristeza, inquietação e desânimo, tirando as pequenas alegrias do dia a dia. O depressivo desenvolve hábitos nada saudáveis, os quais são percebidos pelas pessoas a sua volta, mas não por ele.

Uma mudança significativa também é notada na fala. Os assuntos são variações de reclamações, comentários desesperançosos e opiniões repletas de pessimismo. É como se a pessoa estivesse em um transe, sem conseguir enxergar a seriedade dos seus comportamentos e palavras.

Continue lendo
transtorno-de-estresse-pos-traumatico

O transtorno de estresse pós-traumático consiste num adoecimento da mente, quando pensamentos negativos como de morte, depressão, tristeza excessiva, etc.; se tornam consistentemente repetitivos.

Geralmente o transtorno está associado a uma situação traumatizante que ocorreu na vida do indivíduo onde ele pode ter se sentido envergonhado ou humilhado, ou que tenha presenciado cenas de grande violência e de ameaça à sua vida.

Continue lendo
O que é Psicoterapia Psicodinâmica

A Psicodinâmica é uma abordagem da psicologia que está diretamente ligada às teorias trabalhadas pela Teoria Psicanalítica.

Essa abordagem trabalha os conflitos que estão no nosso inconsciente, ou seja, que não estão de fácil acesso nos nossos pensamentos e no nosso dia-a-dia, afirmam os psicólogos. É uma teoria mais aprofundada, que trabalha os conflitos internos e inconscientes e que, geralmente, estão ligados à nossa infância. O objetivo dessa abordagem é cicatrizar esses conflitos e traumas na vida do paciente.

Continue lendo
Processo de adoção e ajuda psicoterapêutica

A adoção tem um enorme impacto na vida de todos os envolvidos. Seja você um adotado, parte de uma família adotiva ou o pai biológico de um filho que foi adotado.

Embora a experiência de cada indivíduo possa variar, para muitos, a jornada será uma faca de dois gumes. Ela traz uma grande quantidade de felicidade e um número igual de desafios.

Continue lendo