A influência dos animais de estimação na vida das pessoas

Categoria dos serviços do psicólogo: ajuda emocional

Algumas pessoas ainda não acreditam, mas existe uma grande influência dos animais de estimação na vida (e na autoestima!) das pessoas. Atualmente existe um trabalho feito com animais, também como forma de terapia, onde o objetivo é que os animais tragam conforto e carinho para pessoas enfermas.

É fato que conviver com animais dóceis traz alegria e bem-estar, e o convívio é sempre agradável e reconfortante.

Os animais de estimação são capazes de transmitir a sensação de bem-estar por serem carinhosos e cuidarem das pessoas que estão ao seu redor, de forma pura e sincera. O nosso cérebro é capaz de reconhecer um gesto sincero e, por isso, os benefícios desta convivência são sempre muito positivos.

É aconselhável, então, ter um animal de estimação?

Para àqueles que gostam, sim. Não existem malefícios e, portanto, é capaz de gerar um conforto diário para os pacientes que estão em situações mais complicadas, também como forma de companhia.

Notamos em consultório que aqueles pacientes que possuem um animal de estimação, sempre depositam grande parte de suas melhorias ao companheiro peludo, e as razões são muitas.

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo, para buscar ajuda emocional, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

Com o seu animal de estimação você pode:

  • Passear no parque;
  • Tirar o cochilo da tarde;
  • Esquentar os pés no frio;
  • Ensinar/adestrar (cães – mais do que gatos – aprendem muito rápido!);

Por isso, a psicologia apoia a convivência com animais de estimação, em benefício tanto para o animal, quanto para o dono, afinal, o bem-estar é recíproco.

Este tipo de convivência, para o bem-estar, é comprovado?

Sim. Existem inúmeras pesquisas (e vídeos, que podemos acessar pela internet – vale a pesquisa), em que é comprovado que a convivência entre animais e seres humanos traz alegria, qualidade de vida e bem-estar ao convívio tanto familiar, quanto para aqueles que moram sozinhos.

Isto porque o animal geralmente se apega rapidamente ao seu dono, transmitindo afeto, segurança e cumplicidade, de modo que todos estes sentimentos agregam positivamente à vida do ser humano.

Observações profissionais:

Não é uma regra e nem uma obrigação ter um animal de estimação quando se está passando por situações complicadas. Essa influência se dá naturalmente no convívio animais de estimação x ser humano.

Certamente, quando o paciente precisa de auxílio psicológico, a ajuda de um profissional especializado é essencial. O texto retratado mostra uma realidade do dia-a-dia, mas deixamos claro que esta não é a única forma de solucionar problemas de baixa autoestima, fobia social, depressão, entre outros.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Como reconhecer uma chantagem emocional

    A chantagem emocional é a mais discreta das violências que podem ocorrer em um relacionamento. Ela é muitas vezes ignorada, por parecer irrelevante. Psicólogos alertam que a chantagem emocional pode denunciar e mascarar...
  • Confiança

    Confiança
    Confiança é algo bastante complexo, mas a sensação de que não se pode mais confiar em ninguém aumenta em tempos de crise moral e as vezes um psicólogo é necessário.
  • Como gerenciar expectativas e evitar a frustração?

    Como gerenciar expectativas e evitar a frustração, o ideal é nos prepararmos para diferentes resultados que possam ser vislumbrados.

Autora: Thaiana Brotto(Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.