4 Dicas para controlar o seu ciúme do seu melhor amigo

Categoria dos serviços do psicólogo: crescimento pessoal, crescimento profissional
4 Dicas para controlar o seu ciúme do seu melhor amigo

Você já sentiu ciúme de seu melhor amigo? Dizem que o ciúme é ‘normal’ e que é até o tempero do amor. Em pequena quantidade pode até ser também tempero da amizade.

Mas o que vemos comumente são pessoas “destemperadas” por causa desse sentimento. E quais as consequências que o ciúme pode trazer: insegurança, dúvida, aflição, desentendimentos, brigas e até o fim de um bom relacionamento.

Você se incomoda se seu melhor amigo fizer novos amigos? Será que é possível controlar o ciúme dentro do círculo de amizades? Como administrar esse sentimento?

4 dicas de como lidar com o ciúme e ser feliz com suas amizades

1 – Trabalhe sua autoestima

Muitas vezes, por trás de uma cena de ciúme está algo mais profundo. Bem no íntimo do ciumento pode estar escondido o sentimento de ‘não ser bom o suficiente’. E por isso a insegurança de ser trocado ou deixado de lado por uma nova amizade.

O resgate de sua autoestima é imprescindível para acalmar seu espírito. Se dê conta de suas qualidades como pessoa e como amigo para se sentir mais seguro. Assim você vai conseguir se relacionar de forma mais saudável com suas amizades.

2 – Acabe com a possessão

Outro sentimento que pode estar escondido a trás do ciúme é o sentimento de posse. – Ele é MEU amigo! – Você pensa.

Se você estiver procurando psicólogos em São Paulo, para questões relacionadas a crescimento pessoal ou profissional, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

E por causa da posse começa uma competição, mesmo que seja só na sua cabeça, para medir quem é a melhor pessoa para ter a posse do amigo. E essa disputa interna de posse da amizade pode te fazer dizer coisas ou ter atitudes que as pessoas, incluindo o seu amigo, não vão entender.

Considere ainda a problemática de enxergar seu amigo como uma ‘coisa’ de sua propriedade. Não é lisonjeiro para ninguém ser visto dessa forma.

Para se livrar desse sentimento ruim comece se libertando dessa prisão. Não há disputas e ninguém quer levar seu amigo embora. Não esqueça que não somos donos das pessoas. Elas são livres para ir, caso queiram.

Mas é muito bom, quando mesmo podendo ir, elas escolhem ficar conosco. Então, seja um amigo para quem as pessoas desejem voltar.

3 – Aumente seu círculo de Amizades

Seja gentil com os amigos de seus amigos. O apreço, a consideração, o carinho são tesouros inesgotáveis. Portanto, não você não precisa economizar.

Pense em oferecer sua boa amizade para novos amigos. Se abra para conhecer gente nova. Você verá o quanto isso acrescentará em sua vida. Deixe também seu amigo livre para novas amizades.

Dessa forma, você e seu amigo poderão também compartilhar um com outro os novos amigos. E assim aumentar suas redes de amizades. Isso não enfraquecerá os laços fraternos que os unem, ao contrário, os fortalecerá.

4 – Diálogo resolve tudo

Talvez você não esteja pronto para confessar seu ciúme para seu amigo. Mas com certeza te faria muito bem compartilhar esse sentimento com alguém. Em especial alguém que possa te auxiliar a resolver aqueles sentimentos mais profundos, escondidos no seu interior.

Escolha alguém de sua confiança. Mas o melhor mesmo é buscar uma ajuda profissional. Sentimentos que não se gerenciam bem saem do controle. E a ajuda de um psicólogo pode te ajudar a entender o que de fato está desencadeando seu ciúme para saber como lidar com ele.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Como lidar com uma pessoa narcisista

    Como lidar com uma pessoa narcisista
    Uma pessoa narcisista expressa seu desdém e menosprezam as demais a fim de preservar sua própria imagem. Saiba o que diz o psicólogo e o que pode ser feito
  • Razão x Emoção

    Razão x Emoção com consultório do psicólogo em São Paulo
    Como equilibrar as duas forças Razão e Emoção, ambos tão presentes em nossa vida, nas nossas relações com os outros e nas tantas tomadas de decisões que nos são exigidas o tempo todo. Como ajuda de um psicólogo.
  • Saiba como construir boas relações

    Saiba como construir boas relações com consultório do psicólogo em São Paulo

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.