Como lidar com as incertezas sobre o futuro profissional

Categoria dos serviços do psicólogo: crescimento pessoal, crescimento profissional
Incertezas sobre o futuro profissional - Psicologia

Chega uma fase na vida em que as dúvidas começam a surgir de todos os lados, especialmente aquelas relacionadas à futura profissão. É muito comum que jovens entre 16 e 40 anos se sintam inseguros com a carreira – mesmo aqueles que já optaram por uma.

Humanas, exatas, científicas… Com o acesso à informação cada vez mais facilitado e novas profissões surgindo a todo o momento, é absolutamente normal que as incertezas sejam frequentes.

No entanto, este é um assunto muito sério, já que a insatisfação profissional pode acarretar diversas consequências negativas para a vida, inclusive, levar ao início de uma depressão. Por isso, a terapia ou orientação profissional pode se tornar algo essencial na hora desta escolha.

Como funciona esta orientação?

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo, para questões relacionadas a crescimento pessoal ou profissional, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

Antes de tudo, é preciso lembrar que existem dois tipos de orientação: a vocacional e a profissional. A orientação vocacional trabalha a partir do pressuposto de que cada um possui uma vocação e esta, deve ser encontrada através das sessões. Já a orientação profissional – que é a mais comum – ajuda o individuo a encontrar a profissão que mais se encaixa em seu perfil psicológico e também social.

Mas independente disto, o importante é que somente com a ajuda de um psicólogo (ou orientador) a pessoa será capaz de desenvolver o autoconhecimento e por fim, perceber qual a carreira mais adequada para sua personalidade e estilo de vida.

O papel do psicólogo nesta orientação

Durante todo o processo, o psicólogo atua como um guia para a autorreflexão e para o autoconhecimento e isto acontece através de atividades, entrevistas, testes, tarefas… Dentre os tópicos abordados destacam-se aqueles que mais levam o olhar para o interior do indivíduo:

  • Quais são meus gostos pessoais?
  • Quais são meus valores?
  • Quais são minhas expectativas para a vida?

Podem ser analisados ainda aspectos como:

  • Quais as minhas principais competências;
  • Quais são minhas habilidades cognitivas;
  • Traçar um perfil de personalidade;
  • Elencar evidências que justifiquem escolhas, entre outros.

Através destas análises o psicólogo consegue fazer com que o indivíduo chegue mais facilmente a uma decisão, com segurança, consciência e tranquilidade.

Em que momentos as incertezas podem surgir?

Apesar de muito comuns na adolescência, antes do ingresso em um curso superior, as incertezas sobre a carreira podem surgir em diversos momentos da vida e por muitos motivos: monotonia, baixos rendimentos, decepções relacionadas à profissão, desgaste físico ou mental ou por uma simples necessidade de mudar.

É fato que o psicólogo tem papel fundamente durante todo este processo de descoberta. No entanto, cada um pode fazer sua lição de casa pesquisando profundamente sobre cada profissão que lhe desperta interesse e se possível, conversando com pessoas que atuam nestas áreas, a fim de ter ainda mais insumos para tomar a decisão final.

Somente se conhecendo muito bem e entendendo a fundo a carreira na qual deseja atuar, é que a escolha pode ser certeira. Como já disse o filósofo Jean Paul Sartre, no livre O Ser e o Nada, o homem é aquilo que ele escolhe fazer de si. Sendo assim, a escolha de uma profissão deve refletir exatamente aquilo que você é.

Quem leu esse texto também se interessou por:

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.