Gestalt Terapia

Categoria dos serviços do psicólogo: psicoterapia
Psicólogos Gestalt

A Gestalt-terapia é um modelo de tratamento humanístico e experimental que foi desenvolvido nos anos 1940 como uma forma alternativa de psicoterapia.

Este tipo de abordagem feita pelos psicólogos é centrada na ideia de que tudo que nos rodeia e faz parte do ambiente em que vivemos está ligado ao modo como enxergamos o mundo, como nos posicionamos frente aos desafios e como vemos a nós mesmos. Saiba um pouco mais sobre o assunto no artigo!

O que é a Gestalt-terapia?

A terapia Gestalt parte do princípio de que o contexto afeta a experiência e, para entender como uma pessoa vive, se relaciona e encara a vida, é preciso compreender também o contexto em que está inserida.

Segundo a Gestalt, nenhuma pessoa pode ser puramente objetiva em suas falas e nas tentativas de demonstrar o que sente sem que o contexto seja ilustrado.

É por isso que se diz que a Gestalt-terapia se baseia em uma visão holística do indivíduo: tudo o que faz parte da sua vida é utilizado para compreendê-lo como um todo. Sem entender profundamente todas as partes que formam um indivíduo é impossível compreendê-lo em sua plenitude.

Foco no agora

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo para realizar psicoterapia, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

A terapia Gestalt tem como um dos objetivos desenvolver a consciência do presente e da realidade do momento – e por isso também é tida como a “terapia do agora”. Por meio das sessões com um psicólogo, é possível aprender a reconhecer sentimentos estão suprimidos e a confiar em suas emoções, fazendo com que as necessidades e os sentimentos adormecidos despertem e você, assim, aprende a lidar com eles. Com isso, o paciente ganha um novo sentido de autoconsciência.

No entanto, o fato de que este tipo de terapia foca no agora não quer dizer que experiências passadas não são relevantes no momento de o psicólogo tentar compreender o indivíduo.

Afinal, considerando que a Gestalt-terapia considera o paciente como um todo, é natural que tudo o que passou na vida dele seja importante para identificar questões que estão presentes nos seus conflitos atuais. As experiências do passado podem ser retomadas nas sessões de terapia, mas o objetivo central do terapeuta será explorar os fatores que fizeram com que uma memória em particular seja lembrada.

A partir daí, o enfoque é entender como essa memória é trabalhada no presente e compreender como o passado influenciou a personalidade do indivíduo hoje em dia.

O mesmo ocorre com a perspectiva de futuro do paciente: ainda que importante para formar sua personalidade, a Gestalt-terapia ajuda, de fato, a estimular a vivência do momento presente, sem esperar ansiosamente por momentos futuros.

As sessões de terapia Gestalt

Nas sessões de terapia em que o profissional usa essa abordagem, o psicólogo é encorajado a usar métodos variados e sem regra padrão de aproximação. O foco é na relação entre o paciente e o terapeuta, no presente momento, no que ele está sentindo no “aqui e agora” e como reage aos eventos recentes, tanto de forma psíquica quanto física – já que o corpo físico e o mental estão conectados e expressões do corpo funcionam como formas de interpretar o que se passa na cabeça.

A terapia Gestalt ajuda a dar os primeiros passos em direção à autoconsciência e a conhecer seu próprio comportamento diante de determinadas situações.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Você ama o que faz

    Você ama o que faz
    Você já se perguntou se você ama o que você faz ? Sempre há aquelas coisas que não gostamos de fazer e que podem nos causar ansiedade, nervosismo ou estresse.
  • Ciúme: quando procurar ajuda

    Ciúme: quando procurar ajuda
    O senso comum diz que o ciúme moderado é benéfico para os relacionamentos, pois faz com que o alvo deste sentimento se sinta valorizado. E por ser algo tão comum nas relações humanas, é fácil afirmar que todos já o sentimos ou que já fomos o motivo de sua manifestação.
  • Psicoeducação

    Psicoeducação
    A psicoeducação é ferramenta ou procedimento usado pelo psicólogo com a função de simplificar a queixa do paciente. O psicólogo demonstra ao paciente a sua patologia em todo o contexto

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.