Psicólogo que atende Gestalt

Categoria dos serviços do psicólogo: psicoterapia
Psicólogo que atende Gestalt

Quando está a procura por um bom psicólogo, o paciente muitas vezes se depara com termos específicos da Psicologia, como é o caso das diversas correntes de estudo. Muitas dessas palavras o paciente não conhece ou não compreende por inteiro. É Boa parte delas é muito antiga e algumas ainda não pararam de se desenvolver – ou seja, muitas podem ter início há séculos, e outras são frutos da nossa época.

Hoje, vamos apresentar uma dessas correntes: a teoria de Gestalt, bastante recente do ponto de vista histórico. Ela estuda a percepção e sensação do movimento, os processos psicológicos envolvidos diante de um estímulo e como o sujeito reage ao ser estimulado.

>>> Psicólogo que atende Gestalt

Como surgiu a psicologia da Gestalt?

A psicologia da Gestalt surgiu entre 1910 e 1912, na Alemanha. Apesar de os significados serem complexos, podemos dizer que “gestalt”, em português, significa “forma”, “configuração”. Ela foi fundada por Wertheimer, que tomou como objeto de estudo a análise e compreensão do movimento aparente.

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo para realizar psicoterapia, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

Wertheimer fez experiências com dois pontos iluminados, acendendo e apagando as luzes no escuro, em intervalos de tempo variados, com diferentes velocidades. Ele chegou à conclusão de que o movimento percebido pelas luzes se dava como uma ilusão de ótica na mente do indivíduo. Até hoje, a psicologia da Gestalt ainda é relacionada ao conceito de ilusão de ótica. Mas como isso pode ser aplicado no consultório de um psicólogo?

Como funciona a Gestalt-terapia?

A Gestalt-terapia é uma forma de tratamento baseada na psicologia da Gestalt. Seu enfoque clínico está no conceito de aqui e agora, levando-se em consideração aquilo que é apresentado como fenômeno no momento atual – sem negar o histórico do paciente. Esse conceito ajuda o indivíduo a ficar mais consciente de suas reações ao que está acontecendo naquele exato momento.

Ela também se baseia nos conceitos de atenção e aceitação da experiência. Ter atenção, para a terapia Gestalt, significa ter um olhar atento a si mesmo, percebendo como estão seus sentimentos, suas emoções e reações diante do momento atual, para que não haja escapatória daquilo que se experimenta.

Não importa qual seja o sentimento percebido – raiva, tristeza, alegria, orgulho –, o indivíduo deve ter atenção, percebê-lo, compreendê-lo e, finalmente, aceitá-lo. Em vez de tentar reverter os sentimentos ruins e transformá-los em bons, a Gestalt-terapia auxilia os pacientes a aceitarem aquilo pelo que estão passando porque, quando não o fazem, eles acabam reprimindo esse sentimento. Essa repressão causa muito mal-estar, podendo se manifestar mesmo de forma física.

Outro conceito importante para essa abordagem é a responsabilidade. O indivíduo deve se comprometer e se responsabilizar pelo que faz, pelo que sente e por como reage às suas experiências. Sem espaço para colocar a culpa em outras pessoas, ele passa a se ver como único ou principal responsável por sua vida, o que o estimula a tomar o controle sobre ela novamente.

A psicologia da Gestalt pode ajudá-lo a se tornar mais independente e consciente do seu lugar no mundo. Ela não é indicada para tipo único ou específico de problema, podendo ser bastante abrangente ao oferecer uma grande ajuda para muitas pessoas.

Outros textos que podem lhe interessar

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.