O equilíbrio da assertividade

Categoria dos serviços do psicólogo: terapia cognitivo comportamental, tcc
O equilíbrio da assertividade - Psicologia

Ser assertivo, ou seja, ser firme nas suas opiniões e as defender com muita propriedade não significa ser rude. É preciso saber equilibrar bem os dois lados da mesma moeda para não se tornar inconveniente e parecer grosseiro na busca pela assertividade.

Tanto nas relações de trabalho no ambiente corporativo, quanto nas relações afetivas com familiares e amigos, o ideal é o comportamento que demonstre segurança, mas sem diminuir os demais. Afinal, a cordialidade nunca sai de moda!

Assertividade e respeito devem caminhar juntos

Não importa o cargo que você exerça e nem a empresa em que trabalha, a assertividade é uma qualidade valorizada e que pode fazer a diferença entre o sucesso ou não.

Mas, por outro lado, funcionários que não sabem agir com respeito e educação no trato com as equipes, chefias, clientes e fornecedores, não são mais tolerados. Ou seja, você pode até alcançar suas metas e os resultados que a empresa espera, mas se a forma como consegue isto não esteja de acordo, você não sobrevive na organização.

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo, para atendimento de terapia cognitivo comportamental, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

Para ser assertivo no mundo corporativo é preciso estar muito focado nas atividades para as quais você foi contratado. Concentre-se e dedique-se às suas metas individuais, de sua área e da companhia.

Para conseguir isto, há algumas atitudes que precisam ser vivenciadas no dia a dia. A organização é a primeira delas. Liste suas tarefas do dia, administre seu tempo de forma a dar conta de todos os seus compromissos nos prazos estipulados e cuide dos recursos que você tem, protegendo-os e fazendo a gestão necessária.

Planejamento também é palavra-chave na vida das pessoas assertivas. Faça uma programação detalhada de tudo que você precisa fazer e comunique a todos de que forma você pretende alcançar seus alvos. Use toda a sua criatividade e tente agir de forma inovadora. A perspicácia e a capacidade de antever possíveis problemas e obstáculos são aspectos bastante importantes para quem quer ser assertivo.

Outras condutas que levam à assertividade

  • Evite ser agressivo ou petulante. Além de defender com clareza e transparência suas opiniões e pontos de vista, você deve saber ouvir os outros. Saiba que mudar de opinião diante de um bom argumento também faz parte da assertividade.
  • Argumente a favor de suas ideias e ponha sempre em primeiro lugar os interesses coletivos. O melhor é quando você consegue agregar para a companhia sem abrir mão dos seus resultados, convicções, crenças e valores individuais.
  • Ser assertivo é uma habilidade dos bons e articulados comunicadores. Quem se comunica de forma produtiva e objetiva, sem meias palavras e sem linguagem puramente técnica e de difícil entendimento, são melhores funcionários nas empresas e ganham mais tempo livre para as relações pessoais com família e entre amigos.
  • Demonstre confiança naquilo que está falando. Busque sempre exemplos práticos que ajudem a mostrar que você está com a razão. Não seja o tempo todo teórico, isso dificulta o entendimento.
  • Comemore e celebre as vitórias obtidas por você e seu time de trabalho. O espírito de vitória deve sempre estar presente. Isto reconhece o esforço de todos, motivando e garantindo energia necessária para os próximos projetos.
  • Receba todas as críticas que surgirem sobre o seu trabalho com humildade. Mas, depois, faça uma reflexão sobre todas elas, filtrando-as. Ou seja, veja as que são verdadeiras para poder melhorar naqueles aspectos. E deixe de lado as infundadas, evitando o desperdício de energia.

É preciso uma boa dose de autoestima para conseguir ser assertivo na medida certa. Se você tem alguma dificuldade neste sentido, procure um psicólogo e converse sobre isso. Com certeza, uma terapia, que pode até nem ser muito demorada, vai te ajudar a desenvolver a assertividade.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Passividade ou assertividade

    Passividade ou assertividade
    A passividade e a assertividade são temas que, geralmente, causam desentendimento. A passividade é considerada uma virtude, mas até que ponto seria adequada
  • Psicólogo e TCC

    Psicólogo e TCC
    Psicologa clinica Andreia Aragao com atuação na abordagem TCC
  • Pessoas Influenciáveis

    Pessoas Influenciáveis
    Um sujeito influenciável, em um conceito de fácil entendimento, é aquele que possui certo grau de obediência perante regras estabelecidas por outro indivíduo

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.