Quando Procurar Terapia De Casal

Quando Procurar Terapia De Casal

Quem pode fazer terapia de casal?

A terapia de casal serve não apenas para casais formalizados, e sim para casais de namorados e de noivos também! Ou seja, não precisa da formalização do estado civil e independe da orientação sexual.

Relacionamentos Amorosos

Uma pessoa espera encontrar em seu parceiro um colo, uma fonte de conforto, alguém atento, meigo, protetor, compreensivo, com maturidade emocional suficiente para atender suas carências afetivas. Ou seja, ela busca um “outro idealizado”, que exista para atender as suas expectativas e necessidades emocionais, não necessariamente conseguindo enxergar o “outro” como alguém que também tem necessidades e desejos próprios. Nesse momento, pode-se travar uma batalha entre a necessidade de muito receber do outro contra a pouca disponibilidade para dar.

Percebemos reflexos dessas questões no consultório psicológico, com a crescente procura por terapia de casal anualmente, e o que vemos são casais cada vez mais inseguros, cobradores, “grudados” e ciumentos.

Motivos para a busca de Terapia de Casal:

Segue algumas queixas comuns de casais que iniciam tratamento psicoterapêutico:

    1) Problemas de comunicação entre o casal: a comunicação torna-se inviável, não sendo possível chegar num consenso. O foco passa a ser a disputa de quem está certo ou errado;

    2) Separação: o casal está em meio a uma crise suficientemente grave para ter levado ao menos um dos parceiros a falar em separação;

    3) Quando existe suspeita de traição ou traição confirmada por um dos parceiros;

    4) Dificuldades com a educação dos filhos;

    5) Problemas de infertilidade: incapacidade do casal gerar filhos biológicos;

    6) Dificuldade em lidar com grandes mudanças, como: nascimento de filho, mudança de cidade, mudança de emprego ou desemprego, entre outras;

    7) Violência doméstica; brigas excessivas;

    8) Dificuldades sexuais (impotência sexual, ejaculação precoce, frigidez, ansiedade de performance, falta de orgasmo, etc.).

No que a Psicoterapia de Casal pode ajudar?

Segue abaixo alguns exemplos de melhorias:

  • melhorar a comunicação;
  • identificar objetivos comuns;
  • negociar e equilibrar as diferenças individuais dentro da relação;
  • aprender a compartilhar responsabilidades dentro do relacionamento;
  • melhorar a vida sexual;
  • melhorar a qualidade geral do relacionamento e a satisfação conjugal.

Como a Psicoterapia pode ajudar?

O papel do psicoterapeuta é ajudar os parceiros a identificarem os pontos de conflito dentro da relação e a determinar quais as mudanças desejáveis, sejam no modo de se relacionar, sejam mudanças individuais. Ou seja, ela ajuda o casal a desvendar o que está encoberto por trás das brigas repetitivas e aparentemente fúteis que normalmente impedem que o casal consiga ter uma conversa minimamente civilizada.

O casal torna-se ciente de pontos de vista e modos de interagir e de se comunicar destrutivos para tentar modificá-los.

A postura do psicoterapeuta numa terapia de casal é sempre imparcial, respeitando ambos os parceiros, ajudando o casal a buscar soluções conjuntamente.

É importante ressaltar que os problemas de relacionamento podem envolver ou alimentar problemas individuais. Portanto, podem ser necessárias sessões individuais além das sessões conjuntas.

A primeira sessão normalmente ocorre com o casal e possivelmente uma com cada parceiro é usada para o psicoterapeuta poder conhecer melhor cada um.

Autora: Taiz Vesco (Psicóloga CRP 06/06/55747)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.