Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Como lidar com a sensação de impotência em momentos difíceis

Categoria dos serviços do psicólogo: ajuda emocional
Lidar com a sensação de impotência em momentos difíceis

Impossibilidade, falta de forças ou sensação de impotência. Muito comum sentir tudo isso quando não podemos fazer nada diante de um problema ou conflito e a solução não está ao nosso alcance.

Esses sentimentos de frustração podem levar as pessoas a se sentirem sem valor, desmotivadas, e, por vezes, sem vontade de continuar a viver. Se você está passando por algo assim, não vacile, procure o mais breve possível ajuda de um psicólogo para conversar sobre o assunto, por meio da terapia.

Como um psicólogo pode ajudar

Valor Consulta Psicóloga Clarissa






Não quero informar nome ou e-mail





Os psicólogos aplicam seu conhecimento e métodos de pesquisa para identificar a causa da sensação de impotência e auxiliam a pessoa a aprender a ter atitudes e comportamentos para lidar com a situação.

Além disso, o profissional evita que a vivência de impotência se transforme na vitimização da pessoa, que pode se encher de complexos e não aceitações.

A psicologia consegue fazer, também, com que o indivíduo aceite o seu limite de impossibilidade quando algo está, de fato, fora de seu controle. Orienta, ainda, o paciente a olhar para os ganhos e não só para as perdas. Temos que aceitar que não podemos tudo.

Transformar a sensação de impotência em aprendizagem

A sensação de impotência, muitas vezes, é sentida em situações nas quais faltou atitude à pessoa. Então, ela começa a se culpar, às vezes se vitimiza, porque algo deu errado e não conseguiu evitar.

O ideal é mudar o foco da preocupação e pensar em como alterar a situação em que se encontra e o que aprendeu com isso, direcionando a energia para outra coisa.

Elaboramos algumas reflexões sobre a sensação de impotência para que você possa acreditar mais em si e se sentir mais motivado.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

  • As nossas impossibilidades são sinais de que somos imperfeitos, temos alguns limites e que precisamos lidar com eles diariamente.
  • Quando não sabemos como lidar com determinadas situações, o melhor é manter a calma e aceitar. Olhe para a situação da maneira como ela se apresenta e tente descobrir de quais recursos precisa, sejam eles materiais ou não.
  • Aceite os fatos como eles são, sem aversão, sem pessimismo e sem passividade. Isso pode fazer com que o sofrimento seja menor.
  • Busque construir recursos internos que favoreçam a construção ou manutenção do equilíbrio emocional, um forte aliado nas situações difíceis.
  • Procure pensar nas coisas que aumentam a sua autoestima, pense em tudo o que está dando certo em sua vida.
  • Pense nas áreas, nas situações, nos assuntos e nos interesses em que foi bem-sucedido. Orgulhe-se de si mesmo.
  • Precisamos reconhecer nossos limites, nossas dificuldades e fraquezas, parar de nos culpar por cada passo em falso ou problema nas nossas vidas, abandonar a mentalidade de vítima e nos libertar da carga emocional negativa.
  • Sempre há a possibilidade de superação para a sensação de impotência caso reconheçamos, em nós mesmos, a capacidade de responder positiva e construtivamente frente a essas fases, que nos põe à prova muitas vezes.
  • À medida que vamos superando as adversidades que surgem, sejam elas grandes ou pequenas, ficamos mais autoconfiantes, seguros e capazes.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Como lidar com as falhas

    Como lidar com as falhas - Psicologia
    Nem sempre superamos o fracasso, mas é importante saber lidar com as falhas. Leia o artigo e veja como fazer isso, localização do consultório em São Paulo
  • Como lidar com dores emocionais

    Lidar com dores emocionais
    A dor emocional é um sentimento incômodo de origem psicológica que pode gerar tristezas, depressão e outras sensações negativas. Um psicólogo pode ser bastante útil nessa fase.
  • A descoberta de uma doença grave ou crônica

    A descoberta de uma doença grave ou crônica
    Estar diante de um diagnóstico de uma doença grave ou crônica é algo que ninguém quer pensar. A presença de um psicólogo nesse processo pode ajudar muito

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autor: Thaiana F. Brotto

CRP 06/106524 – São Paulo

FORMAÇÃO

Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC