Como enfrentar relacionamentos extraconjugais?

Categoria dos serviços do psicólogo: terapia de casal, relacionamentos, casamento
Como enfrentar relacionamentos extraconjugais

Seu casamento é recente e você descobre que seu companheiro tem outra. Ou, depois de anos de casados, é o marido que descobre que a esposa o trai com frequência.

Não importa se o casamento é longo ou curto, ou se é o marido ou a esposa que traiu a confiança. Fato é que relacionamentos extraconjugais são situações difíceis de serem enfrentadas devido ao grande número de questões envolvidas.

Para lidar com tudo isso, não há uma solução que sirva para todos os casos e o melhor a fazer é buscar um psicólogo e realizar terapia individual ou terapia de casal.

Mas o que leva alguém a ter relacionamentos extraconjugais. É culpa de quem? Isto deve ser perdoado? A resposta é simples: depende.

As causas, as culpas e se deve haver ou não o perdão dependem de muitos aspectos, como o tipo de casal, as regras que se estabeleceram entre eles, o tipo de relacionamento extraconjugal e quais valores e razões estão envolvidos. Ou seja, vai depender enormemente das peculiaridades de cada situação. Cada caso é um caso!

Terapia individual com psicólogo

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo para terapia de casal, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

É sabido que com a evolução da sociedade, as regras de convívio entre duas pessoas que se amam vêm mudando. Cresce cada vez mais o número de casais que mantém relacionamentos fora de seus casamentos, ou seja, são permitidas as práticas sexuais com outros parceiros.

Neste caso, os relacionamentos extraconjugais não impactam na vida familiar e nem causam perturbações, frustrações, baixa autoestima ou inseguranças e sofrimento.

Mas, por outro lado, a maioria dos casais ainda estabelece regras rígidas quanto às “puladas de cerca”. Só que uma coisa é a regra e outra é ambos conseguirem cumpri-la.

Os consultórios de psicologia vêm recebendo cada vez mais casos de pessoas angustiadas e com outros distúrbios emocionais por causa do fato de estarem sendo traídos, por estarem traindo ou na iminência de. Nestes casos, a terapia individual tende a resolver o conflito íntimo e suas consequências na vida da pessoa.

Terapia de casal

Porém, há casos nos quais as relações conjugais extras significam para a pessoa envolvida uma possibilidade de uma nova vida a dois, ocasionando o fim do casamento anterior e tudo que isso implica, como separação, partilha de bens e nova realidade para o ex e para os fllhos. Aí a situação se complica.

Muita coisa importante entra em jogo e, com o objetivo de entender se este é o passo mais acertado, evitar sofrimentos maiores e resolver como ficará a vida do casal a partir de então, os casais podem contar com a terapia de casal.

Temas como quem enganou quem, quais as intenções escondidas e reais, que emoções precisam ser trabalhadas pelo casal e pelos filhos, como ter equilíbrio e controle da situação, quais as possibilidades de voltar a ter um casamento bem-sucedido e identificar as circunstâncias que levaram o casal à situação atual são discutidos em conjunto com o psicólogo na terapia de casal.

Isso garante uma transparência maior na relação afetiva e emocional e uma abertura para que o casal chegue a um denominador comum, evitando complicações desnecessárias, discussões acirradas que não levam a nada e mágoas. Tudo com o respeito que sempre deve ter pautado a vida do casal.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Amor Patológico

    Amor Patológico
    (11) 3213-7287.Zona Sul-Brooklin-Berrini. O amor patológico caracteriza-se principalmente por ser um amor conturbado por muito ciúme. Saiba o que fazer
  • Será que você é viciado em amor?

    Viciado em amor
    Até que ponto lidamos com o amor de forma saudável ou é mais um caso de viciado em amor, consultório da psicóloga em São Paulo
  • Terapia de Casal – Quando Buscar Ajuda

    Terapia de Casal - Quando Buscar Ajuda
    (11) 3213-7287.Zona Sul-Brooklin-Berrini. Quando recorrer a ajuda profissional para fazer terapia de casal. Quais os motivos principais e como funciona a terapia de casal.

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.