Sonhos parte 3 – Dicas para dormir melhor

Dicas para dormir melhor

Esse texto é a sequência dos textos Sonhos – parte 1 e Sonhos parte 2 – Distúrbios do Sono. Na sequência, apresentaremos soluções pontuais que vão ajudar você a melhorar a qualidade do seu sono e, assim, realizar suas atividades cotidianas com mais energia, de forma leve e de bom humor.

Distúrbios do sono e qualidade de vida

O sono funciona como um barômetro que mede o estado geral da sua saúde. Em muitos casos, pessoas com a saúde em dia tendem a dormir melhor, ao passo que aqueles que sofrem de problemas de sono, muitas vezes têm um problema de saúde física ou mental subjacente, que podem variar de gravidade. Entre os adultos, os pesadelos recorrentes podem intensificar os sintomas de pacientes com depressão e ansiedade, piorando ainda mais o quadro, inclusive levando ao suicídio. Além disso, problemas como insônia e apneia, podem aumentar os riscos de doença cardíaca, depressão e obesidade.

Dormir bem é essencial para a sua saúde física e bem-estar emocional. Infelizmente, até mesmo a mínima perda de sono pode refletir em seu humor, energia, eficiência e capacidade de lidar com o estresse. Ignorar os problemas e distúrbios do sono pode levar à problemas de saúde, ganho de peso, acidentes, afetar o seu desempenho no trabalho e prejudicar sua vida amorosa. Se você quiser sentir-se em forma, permanecer saudável, e utilizar todo o seu potencial mental e físico, o sono é uma necessidade, não um luxo.

Como dormir melhor

Pense em todos os fatores que podem interferir em uma boa noite de sono – desde a pressão no trabalho e responsabilidades familiares até desafios inesperados, como demissões, problemas de relacionamento ou doenças. Não é à toa que um sono de qualidade é, por vezes, alterado negativamente.

Embora você possa não ser capaz de controlar todos os fatores que interferem com o seu sono, você pode adotar hábitos que incentivam a ter um sono melhor. Comece com estas dicas simples:

1. Mantenha uma rotina para o seu sono. . Dormir e acordar em horários regulares ajuda a regular o seu relógio biológico, ajudando a dormir nos horários corretos e acordar disposto.

2. Pratique um ritual de relaxamento antes do dormir. . Uma atividade relaxante ao deitar-se, longe de luzes claras, pode ajudar o seu corpo a perceber que está na hora de dormir. Evite atividades que causam excitamento, estresse e ansiedade.

3. Evite cochilos durante o dia. . Um cochilo de até 20 minutos pode ajudar a enfrentar um dia corrido, porém, se você está enfrentando dificuldades para dormir, sono de má qualidade, está na hora de eliminá-lo.

4. Exercite-se diariamente. . Caminhadas, esportes ou qualquer outra atividade física vai ajudá-lo a dormir melhor.

5. Avalie o seu quarto. . O ambiente em que você dorme também merece atenção, para que as condições do sono sejam as melhores possíveis. O quarto deve ser fresco, livre de barulhos e luzes. Considere utilizar cortinas blecaute, tapa-olhos e tampões de ouvido.

6. Evite álcool, cafeína e refeições pesadas à noite. . Estes itens podem acabar com a qualidade do seu sono. Se você não consegue ir para a cama sem comer, experimente fazer um pequeno lanche a base de frutas ou legumes, de duas a três horas antes de dormir.

7. Desacelere. Seu corpo precisa de tempo para mudar para o modo de descanso. Evite utilizar aparelhos eletrônicos como celulares, tablets e computadores antes de dormir, pois a luz que emana das telas desses dispositivos ativam o cérebro, impedindo-o de entrar em modo de descanso.

Saiba quando procurar ajuda

Se você já tentou as dicas acima e ainda possui problemas com o sono, talvez você possua algum distúrbio relacionado que requer tratamento profissional. Considere visitar um psicólogo em caso dos seguintes sintomas:

  • Sonolência diurna persistente
  • Dificuldade para dormir ou manter-se dormindo
  • Incapacidade de se mover enquanto tenta dormir ou ao acordar
  • Pesadelos e terrores noturnos frequentes
  • Sonhos recorrentes persistentes
  • Pegar no sono em momentos inapropriados
  • Sonhos repetitivos com eventos ocorridos durante a infância ou traumas

É normal, às vezes, sentir sonolência durante o dia, ter alguns problemas para dormir à noite, ou acordar sentindo-se exausto. Isso pode indicar que você está dormindo de forma inapropriada e a melhor forma de resolver a questão é seguindo as dicas acima. Aprenda a dormir melhor rastreando seus sintomas e padrões de sono e realize mudanças saudáveis em seus hábitos diurnos e rotinas antes de dormir.

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.