Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Sonhos: psicóloga explica tudo sobre os sonhos

Sonhos parte 1

Sonhos são histórias e imagens criadas em nossa mente enquanto dormimos. Os sonhos podem ser tanto divertidos, engraçados, românticos quanto perturbadores, assustadores e algumas vezes até bizarros e improváveis.

Por que o sonho acontece? Quais são seus significados? Nós podemos controlá-lo?

O que é o sonho?

Sonho é uma experiência humana universal que pode ser descrita como um estado de consciência caracterizado por acontecimentos sensoriais, cognitivos e emocionais durante o sono, afirmam os psicólogos.

Ao sonhar, possuímos pouco ou nenhum controle sobre o conteúdo, imagens visuais ou ativação de nossa memória.

O fato é que não há estado cognitivo que tenha sido tão extensivamente estudado e ainda tão mal compreendido quanto o fenômeno dos sonhos.

Sonhos são repletos de experiências que possuem conexões realistas, porém com situações tão vivas quanto bizarras.

Relatos de sonhos tendem a ser cheios de experiências emocionais e vívidas que contêm temas, preocupações cotidianas, figuras oníricas, objetos simbólicos, etc, – estes muitas vezes correspondentes à nossa vida desperta.

Tais elementos criam uma realidade romântica, aparentemente do nada, produzindo uma experiência com período e conexões que se assemelham à vida real.

Por que sonhamos?

Existem inúmeras hipóteses e conceitos sobre por que nós sonhamos. O sonho é somente uma parte do ciclo do sono, ou possuem algum outro propósito?

  • Possíveis propósitos do sonho no ser humano:
  • Representar desejos inconscientes
  • Interpretar sinais aleatórios do corpo e da mente durante o sono
  • Processar e consolidar informações adquiridas durante o dia

É papel do psicólogo ajudar e a partir de evidências convergentes e novas metodologias de pesquisa, os pesquisadores especulam que sonhar:

  • É um reprocessamento de memória off-line – consolida tarefas de aprendizagem e memória.
  • É um subsistema do padrão de funcionamento em vigília, que é ativado durante divagações da mente ou “sonhar acordado”. Sonhar pode ser encarado como uma simulação cognitiva das experiências da vida real
  • Participada no desenvolvimento de capacidades cognitivas
  • Tem função psicanalítica; sonhos são reflexos altamente significativos do funcionamento mental inconsciente
  • É um estado único de consciência que incorpora três dimensões temporais: experiência do presente, o processamento do passado, e preparação para o futuro
  • Fornece um ambiente psicológico onde noções bizarras, contraditórias, ou altamente complexas podem ser reunidas pelo ego durante o sonho, que seriam inquietantes quando acordado. Este processo serve à necessidade de equilíbrio psicológico.

Como funciona o mecanismo do sonho?

Embora normalmente temos a impressão de apenas “apagar” por um tempo, na verdade o sono ocorre em cinco etapas diferentes, cada uma com duração entre 90 e 110 minutos.

O primeiro estágio é um sono leve, fácil de ser acordado (o tipo de sono que experimentamos quando cochilamos em momentos tediosos).

A segunda etapa é um pouco mais profunda, geralmente é o tipo de sono que começa ao deitar-se para um rápido cochilo de 20 minutos. Já o terceiro e quarto estágios representam um sono ainda mais profundo.

Durante a escalada desses quatro estágios, as ondas cerebrais gradualmente se tornam mais longas e lentas.

Estas ondas são: Alfa no estágio 1, Beta no estágio 2, Theta no estágio 3 e Delta no estágio 4. Após o 4º estágio, atingimos o estágio final do sono, chamado REM.

REM é a sigla para “Rapid Eye Movement” (Movimento rápido do olho) e, estranhamente, é um dos momentos mais psicologicamente ativos do nosso dia. A maioria dos sonhos ocorre durante o sono REM.

Nesta fase, respiração e batimentos cardíacos aceleram, a pressão sanguínea aumenta e a atividade cerebral volta ao mesmo nível (ou até acima) de quando estamos acordados, com ondas Alfa.

Tudo isso, porém, é contrabalançado pelo resto do nosso corpo paralisado. Se você já acordou subitamente no meio da noite e percebeu que está incapaz de se mover, é assustador, mas inofensivo – você apenas acidentalmente interrompeu o seu sono REM.

A paralisia do corpo é um processo natural para mantê-lo seguro enquanto dorme. A maioria dos nossos sonhos ocorre durante a fase REM, portanto, se não estivéssemos fisicamente paralisados, estaríamos inadvertidamente agindo fora dele.

Imagine sonhar que é um ninja e deferir um golpe imaginário no sonho, o seu corpo faria o mesmo se não fosse a paralisia – a situação seria pior ao dormir acompanhado: você acabaria por bater no seu parceiro.

Fatos interessantes sobre os sonhos

  • Os sonhos em sua maioria duram entre 5 e 20 minutos, apenas
  • Antigamente acreditava-se que os sonhos eram preto e branco
  • Apesar de muitas pessoas não se recordarem dos sonhos ao acordar, todo ser humano sonha diversas vezes em uma noite, inclusive, passamos 6 anos de nossa vida sonhando.
  • Pessoas cegas desde o nascimento têm sonhos formados por outros sentidos (cheiro, tato e som)
  • As pessoas não sonham enquanto roncam
  • O álcool afeta tanto a qualidade do sono quanto a do sonho.

O que são pesadelos?

O pesadelo nada mais é do que um sonho angustiante que geralmente força o despertar – às vezes parcialmente.

O indivíduo pode sentir uma série de sensações perturbadoras como ódio, culpa, tristeza ou depressão, porém os sentimentos mais comuns em um pesadelo são medo e ansiedade, afirmam os psicólogos.

Pesadelos são comuns tanto em adultos quanto em crianças. Eles podem ser causados por:

Valor consulta atendimento online e presencial psicóloga Suliane






Não quero informar nome ou e-mail





  • Estresse
  • Medo
  • Traumas
  • Problemas emocionais
  • Medicamentos ou abuso de substâncias
  • Doença

A Teoria da Simulação de Ameaça indica que o sonho é, em essência, um mecanismo de defesa biológico e primitivo, evolucionariamente selecionado por sua capacidade de simular repetidamente eventos ameaçadores.

Por exemplo, uma criança que vive em um ambiente que ameacem física e psicologicamente seu bem estar possuem uma produção de pesadelos altamente ativa, em relação a uma criança cujo ambiente familiar é seguro e livre de abusos.

Foi descoberto que formas de medo, preocupações e pesadelos mudam de acordo com a idade. Enquanto o medo de criaturas imaginárias diminua com a idade, as preocupações com a performance profissional aumentam.

Apesar de tudo, acredita-se que os pesadelos fazem bem ao estado mental e emocional das pessoas.

A descarga de sentimentos negativos, preocupações e ansiedades que ocorrem durante o pesadelo ajudam o indivíduo a lidar de melhor forma com os problemas da realidade. Neste caso, os sonhos ruins são como uma lixeira no qual o cérebro despeja o peso emocional acumulado durante o dia.

Condições

Certas condições aparentemente aumentam a frequência de pesadelos:

  • Enxaqueca: sonhos recorrentes que caracterizam imagens visuais complexas, muitas vezes aterrorizantes, pode ser um sintoma de enxaqueca. Mesmo em momentos sem pesadelos “típicos”, o sonho dos pacientes de enxaqueca tende a possuir sempre uma conotação negativa, como medo e angústia.
  • Apneia do sono: pacientes com apneia do sono possuem mais sonhos emocionalmente negativos
  • Depressão: pesadelos recorrentes estão associados a tendências suicidas em pacientes com depressão generalizada.

O que são sonhos recorrentes?

Um sonho recorrente é quando um mesmo sonho que ocorre com frequência enquanto dormimos.

Um estudo do Departamento de Psicologia da Universidade de Montreal (Canadá) realizado com 212 pessoasque possuíam sonhos recorrentes aponta que:

  • 66% dos relatos de sonhos recorrentes apresentavam uma ou mais ameaças perigosas. Ao enfrentá-las, o sonhador tendia a tomar medidas defensivas ou evasivas consideradas possíveis e razoáveis.
  • Menos de 15% dos sonhos recorrentes representavam situações realistas e prováveis que eram críticas para a sobrevivência física ou sucesso reprodutivo. Durante esses sonhos, o sonhador raramente conseguira fugir da ameaça, apesar dos esforços urgentes e adequados.

Pesquisas indicam que sonhos recorrentes em adultos estão associados a um bem-estar psicológico fraco e deficiente.

O que é sonambulismo?

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

O ciclo do sono, como vimos no primeiro post sobre sonhos, envolve estágios distintos, do sono leve ao profundo.

O sonambulismo é um distúrbio do sono caracterizado por andar ou realizar atividades enquanto adormecido, que geralmente ocorre em fases não-REM, no início da noite.

Durante o episódio, o indivíduo pode sentar-se e aparentar estar totalmente acordado, andar pela casa, ou ainda realizar atividades complexas como remover objetos do lugar, ir ao banheiro, vestir-se, varrer o chão entre outros.

Algumas pessoas chegam até a sair com o carro da garagem durante o sono.

Episódios de sonambulismo podem durar de segundos até horas. Apesar da crença comum, não é perigoso acordar um sonâmbulo, porém é comum que a pessoa se sinta confusa e desorientada no primeiro momento.

O que é terror noturno?

Ao contrário de pesadelos que ocorrem durante o sono REM, os terrores noturnos ocorrem durante o sono não-REM, geralmente no primeiro ciclo da fase mais profunda do sono (nas primeiras 2 horas de sono).

O terror noturno pode durar de cinco a 20 minutos. A pessoa que sofre um episódio de terror noturno ainda está dormindo, mas pode aparentar e se comportar como se estivesse acordado.

Por exemplo, ela podem se sentar na cama e gritar, com os olhos abertos. Quando ela realmente acorda, geralmente não se recorda do episódio (embora algumas pessoas se recordem). Terrores noturnos ocorrem com mais frequência em crianças, mas os adultos também podem vivenciá-los.

Portanto, o terror noturno não é o mesmo que pesadelo – o comportamento do indivíduo que experimenta terrores noturnos pode apresentar:

  • Gritar
  • Se debater
  • Pânico
  • Pular da cama
  • Incapacidade de reconhecer pais ou parceiros que tentam confortá-los

Um episódio de terror noturno pode ser desencadeado por qualquer um dos seguintes fatores:

  • Aumento do período de sono habitual
  • Cansaço
  • Febre alta
  • Alguns tipos de medicamento
  • Ansiedade
  • Eventos externos: quando somos acordados do sono profundo de forma abrupta, como um barulho estridente por exemplo.

Estudos individuais e em família com terror noturno e sonambulismo sugerem envolvimento genético de parassônias (uma categoria de distúrbios de sono que envolve movimentos anormais, comportamentos, emoções, percepções e sonhos que ocorrem durante todas as fases do sono).

Dicas para dormir melhor

Na sequência, apresentaremos soluções pontuais que vão ajudar você a melhorar a qualidade do seu sono e, assim, realizar suas atividades cotidianas com mais energia, de forma leve e de bom humor.

Distúrbios do sono e qualidade de vida

Os Psicólogos

Conheça a equipe de psicólogos do nosso consultório. Confira o perfil e área de atuação de cada profissional.

A EQUIPE DE PSICÓLOGOS

O sono funciona como um barômetro que mede o estado geral da sua saúde.

Em muitos casos, pessoas com a saúde em dia tendem a dormir melhor, ao passo que aqueles que sofrem de problemas de sono, muitas vezes têm um problema de saúde física ou mental subjacente, que podem variar de gravidade, alertam os psicólogos.

Entre os adultos, os pesadelos recorrentes podem intensificar os sintomas de pacientes com depressão e ansiedade, piorando ainda mais o quadro, inclusive levando ao suicídio.

Além disso, problemas como insônia e apneia, podem aumentar os riscos de doença cardíaca, depressão e obesidade.

Dormir bem é essencial para a sua saúde física e bem-estar emocional.

Infelizmente, até mesmo a mínima perda de sono pode refletir em seu humor, energia, eficiência e capacidade de lidar com o estresse.

Ignorar os problemas e distúrbios do sono pode levar à problemas de saúde, ganho de peso, acidentes, afetar o seu desempenho no trabalho e prejudicar sua vida amorosa.

Se você quiser sentir-se em forma, permanecer saudável, e utilizar todo o seu potencial mental e físico, o sono é uma necessidade, não um luxo.

Como dormir melhor

Pense em todos os fatores que podem interferir em uma boa noite de sono – desde a pressão no trabalho e responsabilidades familiares até desafios inesperados, como demissões, problemas de relacionamento ou doenças.

Não é à toa que um sono de qualidade é, por vezes, alterado negativamente.

Embora você possa não ser capaz de controlar todos os fatores que interferem com o seu sono, você pode adotar hábitos que incentivam a ter um sono melhor. Comece com estas dicas simples:

1. Mantenha uma rotina para o seu sono. . Dormir e acordar em horários regulares ajuda a regular o seu relógio biológico, ajudando a dormir nos horários corretos e acordar disposto.

2. Pratique um ritual de relaxamento antes do dormir. . Uma atividade relaxante ao deitar-se, longe de luzes claras, pode ajudar o seu corpo a perceber que está na hora de dormir. Evite atividades que causam excitamento, estresse e ansiedade.

3. Evite cochilos durante o dia. . Um cochilo de até 20 minutos pode ajudar a enfrentar um dia corrido, porém, se você está enfrentando dificuldades para dormir, sono de má qualidade, está na hora de eliminá-lo.

4. Exercite-se diariamente. . Caminhadas, esportes ou qualquer outra atividade física vai ajudá-lo a dormir melhor.

5. Avalie o seu quarto. . O ambiente em que você dorme também merece atenção, para que as condições do sono sejam as melhores possíveis. O quarto deve ser fresco, livre de barulhos e luzes. Considere utilizar cortinas blecaute, tapa-olhos e tampões de ouvido.

6. Evite álcool, cafeína e refeições pesadas à noite. . Estes itens podem acabar com a qualidade do seu sono. Se você não consegue ir para a cama sem comer, experimente fazer um pequeno lanche a base de frutas ou legumes, de duas a três horas antes de dormir.

7. Desacelere. Seu corpo precisa de tempo para mudar para o modo de descanso. Evite utilizar aparelhos eletrônicos como celulares, tablets e computadores antes de dormir, pois a luz que emana das telas desses dispositivos ativam o cérebro, impedindo-o de entrar em modo de descanso.

Saiba quando procurar ajuda

Se você já tentou as dicas acima e ainda possui problemas com o sono, talvez você possua algum distúrbio relacionado que requer tratamento profissional. Considere buscar ajuda de um psicólogo em caso dos seguintes sintomas:

  • Sonolência diurna persistente
  • Dificuldade para dormir ou manter-se dormindo
  • Incapacidade de se mover enquanto tenta dormir ou ao acordar
  • Pesadelos e terrores noturnos frequentes
  • Sonhos recorrentes persistentes
  • Pegar no sono em momentos inapropriados
  • Sonhos repetitivos com eventos ocorridos durante a infância ou traumas

É normal, às vezes, sentir sonolência durante o dia, ter alguns problemas para dormir à noite, ou acordar sentindo-se exausto. Isso pode indicar que você está dormindo de forma inapropriada e a melhor forma de resolver a questão é seguindo as dicas acima.

Aprenda a dormir melhor rastreando seus sintomas e padrões de sono e realize mudanças saudáveis em seus hábitos diurnos e rotinas antes de dormir, a terapia é uma forte aliada nesse processo.

O significado dos sonhos

Como Escolher seu Psicólogo

Nesse guia completo você vai conhecer tudo sobre psicólogos e psicoterapia. A escolha do psicólogo certo para você envolve diversos fatores. Descubra aqui.

COMO ESCOLHER O SEU PSICÓLOGO

Por séculos a nossa civilização buscou por sentidos que explicassem o significado dos sonhos, isto porque tendemos a buscar uma razão lógica ou mitológica para cada acontecimento inexplicável em nossas vidas.

Muitos acreditam que os sonhos são mensagens simbólicas que não são claras em nosso consciente, mas se analisarmos mais profundamente o momento atual em que vivemos, encontraremos alguma interpretação onírica que faça sentido.

Conheça quais são os sonhos mais frequentes e suas respectivas interpretações, segundo alguns estudiosos, psicólogos e psicanalistas.

Ficar nu em público

A maioria das pessoas em algum momento já sonhou que estava na escola, ou em algum evento social sem as roupas.

Conheça os significados mais comuns para este sonho:

  • Você está escondendo um segredo
  • Você não se sente totalmente preparado para alguma situação que está para acontecer em sua vida
  • Se você está nu, porém ninguém percebe, a interpretação comum é que nosso temor é infundado.

Sonhar que está caindo

Você está caindo, caindo, caindo… e então você se acorda assustado. Este é um sonho muito comum, e acredita-se que simboliza insegurança e/ou ansiedade. Algo em sua vida pode estar saindo de seu controle.

Outra interpretação é que você acredita que está falhando em algum aspecto de sua vida.

Sonhar que está sendo perseguido

Geralmente está relacionado à fuga de problemas ou situações críticas — o objeto do problema vai depender de quem o persegue no sonho.

Pode ser um problema no trabalho, ou algo a respeito de sua própria mente ou ainda atitudes autodestrutivas (alcoolismo, drogas, compulsão alimentar ou sexual, agressividade, entre outros).

Sonhar que está realizando um teste (ou esquecendo-se de fazê-lo)

De repente você percebe que deveria estar fazendo uma prova, e então a pressa e o medo tomam conta do momento

Este tipo de sonho possui inúmeras variações — você não encontra o local da prova, sua caneta está falhando ou a prova está em branco — porém, com significados similares.

Especialistas afirmam que este tema geralmente significa que você está passando por uma avaliação, ou pelo menos tem a sensação de que está sendo testado — talvez esteja enfrentando um desafio do qual acredita não ser capaz de superar.

Também pode significar que você está negligenciando algum aspecto da sua vida que merece maior atenção.

Sonhar que está voando

Pode simbolizar que você descobriu novas perspectivas em sua vida, ou ainda que você se sente forte e autoconfiante para buscar seus objetivos.

Se no sonho você tem dificuldades para controlar o voo, talvez alguma coisa esteja o impedindo de alcançar suas metas por completo.

Sonhar que está correndo sem rumo

Pode fazer parte do sonho de perseguição. Se você tenta correr, mas suas pernas não se movem ou simplesmente você não sai do lugar (como se estivesse em uma esteira), significa que muitas tarefas e responsabilidades foram abraçadas e você não está sendo capaz de realizá-las.

Sonhar que seus dentes estão caindo

Os dentes representam o nosso senso de poder e nossa habilidade de comunicação. A perda de dentes nos sonhos está relacionada à incapacidade de se expressar ou se impor diante dos outros, ou pode também significar descontentamento com a própria aparência.

Esperamos que você tenha aprendido bastante com o nosso especial sobre sonhos e, caso identifique algum problema relacionado ao sono ou a sonhos perturbadores, busque ajuda de um psicólogos. Estamos prontos para ajudá-lo por meio da psicoterapia.

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *