Por que dar um tempo na relação?

Categoria dos serviços do psicólogo: terapia de casal, relacionamentos, casamento
Por que dar um tempo na relação

Resolver os conflitos e insatisfações com muito diálogo e comunicação é a única solução para realmente colocar fim nos problemas do casal. Mas, em algumas situações, o estresse e a irritação chegam a um ponto que fica muito difícil ter uma conversa produtiva. É por isso que muitos casais acabam optando pelo conhecido “tempo”, ou seja, se afastar por um período determinado para esclarecer melhor as coisas antes de tomar qualquer atitude. Os psicólogos acreditam que esse afastamento pode ser muito válido para o casal, trazendo maior clareza sobre os sentimentos.

Para que esse “tempo” realmente seja produtivo e traga resultados, é fundamental que o casal estabeleça algumas regras. Só assim é possível evitar mal entendidos ou conflitos sobre esse período. Portanto, antes de tudo, defina qual o “período” desse tempo, se vocês vão conversar ou não, se podem sair com outras pessoas, e outros combinados que sejam pertinentes para cada casal.

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo para terapia de casal, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

Motivos para “dar um tempo”

Claro que esses motivos podem variar muito, mas os mais comuns são:

  • Quando um dos parceiros sente saudades da sua rotina antiga, da vida de solteiro;
  • Medo de estar se envolvendo ou se apaixonando demais pela outra pessoa;
  • Interesse por outra pessoa;
  • Dificuldades em lidar com as diferenças;
  • Expectativas distintas para o futuro e para a vida a dois;

 

  • Conflitos não resolvidos que tornam o relacionamento conturbado e desagradável.

Vale a pena “dar um tempo”?

A distância e a saudade podem fazer com que a pessoa repense sua própria atitude e também valorize a companhia do parceiro. Mas, nem sempre é isso que acontece. Com o afastamento, o casal também pode perceber que é mais feliz sozinho ou que prefere buscar um relacionamento novo com outra pessoa. Independentemente de qual será o desfecho para cada casal, o tempo de reflexão é válido para que cada um perceba suas necessidades, ambições e comportamento.

O que acontece também é que algumas pessoas não têm a coragem suficiente para terminar o relacionamento, principalmente os mais longos, e optam por dar esse tempo. É como se fosse uma forma de preparar o parceiro e também a si mesmo para uma nova etapa na vida. Em situações assim, é bem importante que os parceiros sejam honestos e não se enganem. Lembre-se sempre o quanto aquela pessoa já foi especial para você e coloque-se na situação dela para evitar ilusões ou mentiras.

Se, depois do tempo, ambos perceberam que querer voltar a ter um relacionamento, é preciso ter em mente que, a partir de agora, terão que ter novos comportamentos. Afinal, manter os antigos só trará de volta os mesmos problemas. Nesse momento, a ajuda de um psicólogo pode ser muito proveitosa.

Em terapia individual ou terapia de casal, o psicólogo pode ajudar na busca pela identidade de cada um, auxiliar nos diálogos sobre os planos para o futuro e expectativas, lidar com as frustrações e restabelecer a harmonia do relacionamento.

Outros textos que podem lhe interessar

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.