Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Atendimento infantil

Atendimento Infantil

Muitas vezes, os pais buscam por atendimento infantil, não necessariamente porque acreditam que este é o melhor caminho, mas porque foi indicado pela professora, pelo médico, pelo parente.

A principal questão é que é muito importante quando os pais entendem que o seu filho (a) está precisando de um acompanhamento terapêutico. Em geral, a primeira aceitação é sempre dos pais. Depois vem a iniciativa de buscar pelo auxílio.

Valor Consulta Psicóloga Clarissa






Não quero informar nome ou e-mail





O atendimento psicológico é feito juntamente com o trabalho e dedicação dos pais, por isso, muitas vezes também chamamos estes atendimentos de Orientação de Pais.

Onde o psicólogo ajudará, buscando meios para que os pais deem continuidade ao trabalho de dentro da sessão, para o dia a dia da criança.

Nem sempre é uma tarefa fácil, pois é necessário que seja feito um trabalho em conjunto. Ou seja, unir esforço e dedicação do terapeuta, dos pais e, consequentemente, da criança.

O que é feito durante a sessão com a criança?

Existem inúmeras formas para que este trabalho seja desenvolvido. Para que o terapeuta consiga a confiança da criança, ele busca o auxílio de jogos que chamem a atenção da criança, brincadeiras lúdicas e que estimulem a concentração e a criatividade.

Durante essas brincadeiras, é possível observar comportamentos da criança que podem trazer grandes informações para a queixa que os pais trazem quando buscam a terapia.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

Além disso, em alguns momentos, o terapeuta pode chamar os pais para a sessão para que faça a interação de ambos, também como forma de observar suas relações.

Outras vezes, é possível que os pais sejam chamados juntos ou separadamente, para sessões somente com o terapeuta, também para obter feedbacks e saber como tem sido o andamento do processo terapêutico, bem como o psicólogo saber como tem sido o trabalho dentro de casa.

Alinhamento entre pais, psicólogo e professores

É muito importante que todos estejam alinhados quando se trata de um atendimento infantil, e isso pode estar ligado a ter o auxílio também do professor, coordenador da escola, entre outras pessoas que exerçam função direta no desenvolvimento da criança.

Como Escolher seu Psicólogo

Nesse guia completo você vai conhecer tudo sobre psicólogos e psicoterapia. A escolha do psicólogo certo para você envolve diversos fatores. Descubra aqui.

COMO ESCOLHER O SEU PSICÓLOGO

Por isso, os psicólogos recomendam que, antes de tudo, exista a aceitação e a dedicação dos pais e/ou responsáveis antes de iniciar o processo terapêutico infantil, pois é importante que exista um acompanhamento de ambos no dia a dia da criança, como um trabalho em equipe que precisa de ambas as partes para trazer bons resultados.

Mas, acima de tudo, é importante pensar que os resultados aparecem, e que o processo terapêutico infantil traz bem-estar à criança e aos pais, e que juntos, sempre será possível alcançar o objetivo desejado: o de harmonia, tranquilidade e alegria para dentro de casa!

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Terapia para Autistas

    Terapia para autistas envolve crianças e familiares
    Terapia para autistas deve envolver a criança ou adolescente e também os familiares, realizada sempre em consultório de um psicólogo.
  • Meu filho presenciou uma cena forte

    Meu filho presenciou uma cena forte
    Meu filho presenciou uma cena forte, seja um assalto, presenciou um acidente com vítimas, viu a morte de um animal de estimação, mas quando procurar um psicólogo
  • Terapia Infantil

    Terapia Infantil
    (11) 3213-7287.Zona Sul-Brooklin-Berrini. Entenda como funciona a Terapia Infantil aplicada pelo psicóloga Andreia Aragão do consultório de psicologia

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autor: Thaiana F. Brotto

CRP 06/106524 – São Paulo

FORMAÇÃO

Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC