Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Você sabia que a atividade física combate a depressão?

Categoria dos serviços do psicólogo: depressão
Você sabia que a atividade física combate a depressão

Fazer atividade física combate a depressão e favorece a saúde e o bem-estar de quem pratica. Leia o texto e saiba mais.

Se você padece de depressão é possível que a última coisa que você queira fazer é exercício. No entanto, no momento em que você passa a se sentir motivado, o exercício faz uma grande diferença.

Neste ponto, os psicólogos vão oferecer conselhos concretos e estudados que farão entender como a atividade física combate a depressão.

Nas mídias, em geral, é sabido e repetido que exercitar-se ajuda a prevenir e melhorar diversos problemas de saúde, como a pressão arterial, diabetes e insônia.

Estudos demonstram que a prática do exercício físico, traz efeitos psicológicos muito benéficos para ampliar o estado de ânimo e amenizar a depressão.

De que forma a atividade física combate a depressão?

Valor Consulta Psicóloga Bárbara






Não quero informar nome ou e-mail





Praticar exercícios de forma regular pode aliviar a depressão da seguinte forma.

  1. Liberando endorfinas que irão gerar bem-estar, na produção de substâncias químicas naturais do cérebro.
  2. Livra a mente de preocupações para que a pessoa consiga sair do círculo vicioso de pensamentos negativos que acabam alimentando ainda mais a depressão.
  3. Ganho de confiança. Quando as metas que são estabelecidas nos exercícios físicos são cumpridas isso estimula a autoconfiança.
  4. Autoestima elevada. Ficar em forma também pode tornar a pessoa a se sentir melhor, tanto em relação ao seu aspecto físico quanto emocional.
  5. Incrementar a sua interação social. As atividades físicas dão a possibilidade de conhecer outras pessoas e de socializar com elas.

Assim, praticar atividade física para combater a depressão é uma estratégia saudável. Estudos confirmam que qualquer atividade física pode ajudar muito a alterar os padrões de humor e ânimo.

Existem atividades físicas como corrida, bicicleta, esportes, yoga, etc., que beneficiam o coração, a respiração e a mente. Para poder usufruir dos benefícios da atividade física para a saúde mental é preciso dar continuidade a ela.

Os sintomas da depressão

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

A depressão é um distúrbio mental que ocorre de um conflito interno desencadeado por diversos fatores. O diagnóstico de depressão é realizado por diferentes formas.

Os sintomas comuns de depressão costumam ser perda de energia, apetite, níveis altos ​​de ansiedade e estresse. Pessoas com depressão tendem a responder melhor ao tratamento combinado com exercícios físicos.

Quem sofre de depressão exibe sintomas como:

  • Perda ou aumento exagerado de peso;
  • Insônia;
  • Tristeza;
  • Baixa autoestima;
  • Fadiga;
  • Desesperança;
  • Culpa;
  • Pensamentos de morte ou suicídio;
  • Irritabilidade.

Além disso, a prática da atividade física aumenta os níveis de endorfina criando estímulo que alteram a química do cérebro, aumentando a capacidade de relaxar.

Como começar uma rotina?

Começar uma rotina de exercícios e mantê-la pode ser difícil. Por isso trouxemos algumas dicas que irão ajudá-lo a conseguir criar o hábito de se exercitar.

Os Psicólogos

Conheça a equipe de psicólogos do nosso consultório. Confira o perfil e área de atuação de cada profissional.

A EQUIPE DE PSICÓLOGOS
  1. Identifique a atividade que você mais gosta.
  2. Faça os exercícios aeróbicos de baixa intensidade, algumas vezes por semana, com aquecimento e alongamento prévio.
  3. Alimente-se bem para evitar fadiga muscular antes e depois de iniciar o exercício. Beba muita água.
  4. Busque o apoio de um profissional de saúde mental, converse com seu médico sobre programas de exercícios e planejamento para tratamentos.
  5. Crie metas e objetivos que você possa cumprir. Analise de forma concreta sobre o que pode ou não fazer. Ao traçarmos metas irreais podemos sentir frustração e isso aumenta as chances de desistência.

Como Escolher seu Psicólogo

Nesse guia completo você vai conhecer tudo sobre psicólogos e psicoterapia. A escolha do psicólogo certo para você envolve diversos fatores. Descubra aqui.

COMO ESCOLHER O SEU PSICÓLOGO

Prefira, quando possível, realizar exercícios ao ar livre, pois dá sensação de aumento de energia. Esse aumento se dá pela diminuição da fadiga, do estresse, confusão mental, ansiedade e depressão.

A atividade física combate a depressão quando se aliada à psicoterapia. O papel do psicólogo é muito importante no momento de fazer a reabilitação do paciente.

Caso perceba sintomas sempre consulte um psicólogo. Vale lembrar que a atividade física combate a depressão, sim, e é uma excelente forma de aliviar os sintomas, mas não é substituta da psicoterapia.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Bipolaridade ou oscilação de humor?

    Bipolaridade ou oscilação de humor e psicologia
    A Bipolaridade vem sendo detectada com mais frequência nos últimos anos. Porém, nem toda troca de humor repentina leva a um quadro de bipolaridade. 
  • Depressão de Fim de Ano

    Depressão de Fim de Ano
    Depressão de Fim de Ano é mais comum do que se imagina. As festividades de fim de ano geralmente representam uma época de diversão e celebração, mas para muitas pessoas isso nem sempre acontece.
  • Como controlar o pessimismo

    Como controlar o pessimismo com psicologia
    Faz sentido um esforço para controlar o pessimismo, já que o pensamento pessimista influencia a nossa saúde mental e pode até desencadear doenças psicológicas

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autor: Thaiana F. Brotto

CRP 06/106524 – São Paulo

FORMAÇÃO

Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC