Psicoeducação

Categoria dos serviços do psicólogo: psicoterapia
Psicoeducação

O que é?

Dentre as mais diversas demandas que atendemos em nosso dia a dia como psicólogos, destacam-se as queixas como: Depressão, Estresse, Terapia de Casal, Ansiedade, Insegurança, Ciúmes etc. A busca por esses transtornos tem sido cada vez mais comum.

Todo o estresse vivido cotidianamente no ambiente de trabalho ou social, somado às frustrações familiares, colabora para o desencadeado desses transtornos.

A psicoeducação é ferramenta ou procedimento usado pelo psicólogo com a função de simplificar a queixa do paciente. O psicólogo demonstra ao paciente a sua patologia em todo o contexto, afim de que o paciente entenda e passe a colaborar ativamente com todo o processo terapêutico. Dessa forma o paciente consegue, durante as sessões de psicoterapia, discutir sobre a sua queixa e encarar de melhor forma seu tratamento.

A psicoeducação explica que se o paciente entende a doença e seu processo ele conseguirá agir de modo com que consiga evitar seus sintomas que podem ser expressos em crises, por exemplo. O paciente que entende a doença e seu processo consegue se cuidar melhor.

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo para realizar psicoterapia, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

Como é aplicada no tratamento?

A psicoeducação pode ser aplicada de diversas maneiras. Há quem a entenda melhor através de imagens, ou memoriza mais facilmente quando escuta. Então cabe ao psicólogo descobrir qual o perfil e personalidade do seu paciente afim de aplicar da melhor maneira possível a explicação da doença. Portanto, podem ser feitas através de áudios, slides, filmes, flyers etc.

Essa educação pode ser também aplicada à família do paciente. A instrução sobre a doença ou queixa e seus sintomas aos familiares é de suma importância na eficácia do tratamento.

Juntamente com o processo da terapia há, em alguns casos, também a inserção de medicamentos farmacológicos (sempre receitados por um médico) que auxiliam no controle dos transtornos citados no inicio. Portanto a psicoeducação é uma grande aliada na função de fazer com que o paciente venha a aderir aos medicamentos necessários. O conhecimento do paciente sobre a sua doença e seus sintomas ajudam muito quando necessário inseri-los, porque ele entende o porquê dos medicamentos e como irão ajuda-los.

Com a psicoeducação o processo de tratamento flui de forma mais natural e efetiva, uma vez que conta com a total ajuda do paciente. Se você tiver alguma queixa, procure a ajuda de um profissional e dê inicio ao processo de terapia.

Outros textos que podem lhe interessar

Autora: Thaiana Brotto(Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.