O que fazer quando um ex reaparece em sua vida

Categoria dos serviços do psicólogo: terapia de casal, relacionamentos, casamento

Quando um ex reaparece em sua vida, suas emoções e pensamentos podem ficar confusos. Em nosso texto daremos algumas dicas de como lidar com essa situação.

Terminar um relacionamento pode ser traumático. Pode demandar muito tempo de recuperação para que possa seguir adiante. Pensamos que estamos curados, eis que o ex reaparece em sua vida, causando um turbilhão de sentimentos. Você está preparado psicologicamente para lidar com essa situação? Se ele pedir uma segunda chance, será que você conseguirá tomar a decisão certa?

Existem muitas variáveis ​​quando se trata de relacionamentos, pois, cada pessoa e situação é única. Mas, uma coisa costuma sempre se manter: terminar um relacionamento é difícil.

Se você passou por isso é improvável que você queira repetir a experiência, especialmente com a mesma pessoa. Então, o que fazer quando o ex reaparece em sua vida? E se ele pedir para voltar? Confira algumas dicas sobre como lidar com essa situação em nosso artigo.

Encare a situação sob outras perspectivas além do sentimento

<

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo para terapia de casal, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

Quando um ex reaparece em sua vida é provável que você tenha uma mistura de sentimentos complexa. Você terá recordações felizes de quando vocês estavam juntos e lembranças mais tristes, principalmente do rompimento e o que levou a isso.

>>> Veja também: Como lidar com a dor de uma desilusão amorosa

Caso o surgimento dele lhe faça questionar o término e até mesmo desejar reatar, é importante ter uma visão realista do relacionamento. Cuidado para não embotar sua visão pela lente colorida das emoções.

Converse com seus amigos e familiares sobre isso — você será capaz de ver a partir da reação deles se pensam ser ou não uma boa ideia dar uma segunda chance. Tente obter uma imagem realista de como as coisas eram entre você e seu ex, em vez de uma idealização romântica.

Quando o ex reaparece em sua vida faça este exercício

Se ainda sim você está em dúvidas, faça o seguinte exercício. Pegue uma folha de papel e escreva várias frases que comecem com a sentença “Eu me lembro…” e as complete com as lembranças que vierem a mente. Veja alguns exemplos:

“Eu lembro do nosso primeiro beijo quando estávamos na praia” ou “Eu me lembro de como me machuquei quando descobri que você mentiu para mim”. “Em me lembro de como ele sempre trazia minha comida favorita após o trabalho”. “Eu me lembro de como ele me impedia de falar com meus amigos e familiares”.

Este exercício pode trazer muitas emoções, então tenha certeza de ter tempo e espaço para isso. E se prepare para as lágrimas. Delimite suas memórias para essa pessoa e esse relacionamento.

>>> Veja também: Principais fatores para o término de um relacionamento

Mantenha cada memória breve e sucinta para que você não acabe escrevendo sua história de vida. Continue escrevendo até as memórias secarem. E é normal que essa seja uma tarefa que demande tempo, dias inclusive. A quantidade de lembranças que você terá dependerá de quanto tempo vocês ficaram juntos.

No final, você terá compilado um resumo do que realmente afetou você nesse relacionamento. E com esse conhecimento você será capaz de se perguntar se você quer reatar e dar outra chance.

É muito importante que você permita que as emoções negativas aflorem, bem como as positivas. Reprimir as emoções, sejam elas positivas ou negativas, fará com que você tenha uma perspectiva distorcida.

Deixe elas fluírem, mesmo que doa. As emoções negativas, por exemplo, irão impedir que você fique cega e acabe dando uma nova chance a um relacionamento tóxico, por exemplo. E as positivas irão impedir que haja por pura raiva e venha a se machucar.

Decidiu dar uma segunda chance? Então pondere um pouco mais

Quando o seu ex reaparece em sua vida nem sempre é porque está arrependido ou tem boas intenções de fato. Às vezes ele está apenas entediado. Ou está se sentindo rejeitado e pode buscar algum tipo de compensação, por exemplo.

Por isso, se depois de tudo você pensa que o seu relacionamento merece uma segunda chance, pense um pouquinho mais. Afinal, como diriam nossos avós, o seguro morreu de velho. Antes de se arriscar, haja com prudência. Para ajudá-la nessa tarefa, considere as seguintes situações:

1. Você está lendo os sinais corretamente? Seu ex realmente quer tentar reatar o relacionamento? Às vezes ainda gostamos da pessoa por isso acabamos interpretando mal as intenções. A pessoa pode estar querendo algo sem compromisso e você entende como voltar (ou pode estar te manipulando para isso também).

Mas se você acredita que sim, que ele genuinamente quer tentar de novo, a melhor coisa que pode fazer é pedir tempo para pensar. Não pule direto para os braços dele, não importa o quão romântica pareça a situação.

E quando o ex não lhe pergunta diretamente se deseja voltar, mas dá a entender que está interessado, cuidado redobrado. Não faça nada nem tire conclusões até que eles façam uma abordagem direta. Busque se fortalecer e refletir sobre o que é melhor para você conforme a situação.

2. Algumas pessoas têm o hábito de querer apenas o que não têm. Se você seguiu em frente, talvez até tenha encontrado um novo parceiro, isso pode ser o motivo para fazer o ex se interessar novamente. Mas atenção, nesse caso eles podem desejar apenas que você o queira novamente. Mas no minuto em que fizer isso, eles provavelmente ficarão frios e distantes novamente.

>>> Veja também: Praticando o desapego

Nesse caso, a melhor maneira de lidar com isso é não se envolver mais. Esse comportamento demonstrado pelo ex é de co-dependência e isso pode te prejudicar emocionalmente e psicologicamente.

3. A melhor razão para voltar com um ex é porque ambos querem estar juntos novamente e o que quer que tenha causado a separação foi resolvido. A pior razão é porque um ou ambos estão sozinhos e não há mais ninguém disponível. Ou você está com ciúmes porque não consegue suportar a ideia de ele estar com outra pessoa.

Faça o que fizer, reserve um tempo para pensar antes de decidir. Quando um ex reaparece em sua vida, muitos sentimentos que pareciam estar bem resolvidos podem aflorar e bagunçar sua mente e decisões.

Caso ainda lhe reste confusão, a ajuda de um psicólogo pode ser valiosa. Ele irá não apenas conduzi-lo para tomar uma boa decisão, como também fortalecerá sua autoestima e bem-estar.

Gostou do texto? Então pode se interessar por esse: Não estou sabendo lidar com a minha separação: um psicólogo pode me ajudar?

Quem leu esse texto também se interessou por:

Autor: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)
*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.