Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Como lidar com a gravidez e suas inúmeras emoções

Categoria dos serviços do psicólogo: ansiedade
Como lidar com a gravidez e suas inúmeras emoções

No período de gestação é muito comum que a mulher enfrente inúmeras variações de sentimentos, emoções e reações. Todas as mudanças que ocorrem durante a gravidez impactam não só a futura mamãe, como o pai, nos familiares e todos que convivem com os dois.

Diante disso, é preciso tomar alguns cuidados para que os envolvidos estejam preparados para lidar com este período e com a chegada do bebê. O diálogo durante essa fase é fundamental, mas se só isso não for suficiente e o casal entender que está havendo muitos conflitos, o melhor é contar com a ajuda de um psicólogo.

Mistura de sentimentos na gravidez

Valor Consulta Psicóloga Bárbara






Não quero informar nome ou e-mail





A primeira a sentir todas as emoções de uma gravidez é a mulher. A novidade gera uma mistura de sentimentos como felicidade, ansiedade, medo e insegurança. Isto acontece pela novidade em si, que vai mudar para sempre a vida da família e também por causa dos hormônios que tomam conta do organismo feminino neste período, como o estrógeno e a progesterona.

Mas é preciso lidar com calma com as transformações que vão vir por ai.

Há relatos, inclusive, de mulheres que sentem muita tristeza ao saber da gravidez e também medo. Não, necessariamente, a mulher precisa se sentir feliz e o aparecimento de sensações como estas duas, ou angústia e ansiedade devem ser encaradas com naturalidade.

É importante frisar que esses sentimentos não fazem da gestante uma mãe ruim. A insegurança diante do futuro é uma reação normal do organismo e deve ser administrada pelo casal como tal, de modo que, com o passar do tempo, ela vá se acomodando e dando lugar à satisfação.

Como um psicólogo pode ajudar durante a gravidez

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

O melhor jeito é conversar muito sobre tudo isso com familiares e amigos e refletir, juntos, sobre como é a transição para o papel de pais, como dar conta de um bebê em casa, se há recursos financeiros suficientes para mais um membro da família, como conciliar o filho com o trabalho e outros temas para os quais quem já passou por isso pode ter muitas das respostas.

Se você, por alguma razão, não pode ou não se sente à vontade para discutir esses assuntos com outros ou não tem familiares por perto e está se sentindo insegura quanto a tudo isso, recorra a uma clínica de psicologia. Em algumas sessões, o psicólogo vai te orientar a lidar com suas emoções.

Na gestação, também ocorre de a mulher, mesmo cercada de várias pessoas, se sentir sozinha e incompreendida. Numa terapia com psicólogos, também são levantadas as relações do paciente com seus próprios pais e com o companheiro, de forma a minimizar conflitos e aumentar a autoestima e a autoconfiança.

Outras dicas sobre o período de gestação:

Outra recomendação é procurar um obstetra de confiança para que você tenha, neste especialista, um aliado na empreitada de ter um filho.

Como Escolher seu Psicólogo

Nesse guia completo você vai conhecer tudo sobre psicólogos e psicoterapia. A escolha do psicólogo certo para você envolve diversos fatores. Descubra aqui.

COMO ESCOLHER O SEU PSICÓLOGO
  • Sempre que você tiver uma consulta com este médico, leve todas as suas questões anotadas para não se esquecer de nenhuma. As respostas dele também ajudarão muito a te deixar mais segura, confiante e menos ansiosa e com medo.
  • Outra coisa que pode ajudar muito também é a leitura de revistas, sites e blogs especializados. Quanto mais informação você tiver, melhor vai se sentir.
  • Principalmente no primeiro trimestre, procure descansar, nem que for com uma cochilada depois do almoço.
  • Tente ir para a cama mais cedo e, se possível, acordar mais tarde.
  • Para entrar numa boa sintonia com o seu corpo, que vai sofrer muitas mudanças ao longo dos nove meses, aceite que engordar faz parte do processo natural e se ganhar de 11 a 14 quilos ao longo da gravidez, este é um bom sinal de que tudo vai bem.
  • Não abuse na hora de comer e mantenha uma alimentação equilibrada.
  • Faça uma atividade física, optando por exercícios de baixo impacto, hidroginástica ou yoga por exemplo.

Sua mente e seu corpo vão agradecer!

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Preocupações excessivas: ansiedade, estresse e infelicidade

    Preocupações excessivas: ansiedade, estresse e infelicidade
    A preocupação em excesso pode levar a pessoa a ter dores de cabeça, úlceras, insônia e problemas na pele, só para citar algumas das consequências físicas.
  • Angústia

    Angústia
    A angustia é um sentimento que incomoda e que muitas vezes tira o nosso sono. Mas há o que se possa fazer para atenuar o sentimento, tornando sua vida mais leve
  • Como lidar com o comportamento agressivo

    Como lidar com o comportamento agressivo
    Ninguém está livre de ter que lidar com alguém que tenha comportamento agressivo. Saiba o que você pode fazer com base no texto do psicólogo a seguir.

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autor: Thaiana F. Brotto

CRP 06/106524 – São Paulo

FORMAÇÃO

Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC