Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Nervosismo antes de fazer uma prova

Categoria dos serviços do psicólogo: ansiedade
Nervosismo antes de fazer uma prova

Seja no vestibular, na escola, trabalho ou até na hora de tirar a habilitação, o nervosismo está sempre presente? Este problema é bastante comum.

Nervosismo e ansiedade são reações perfeitamente normais ao estresse. Para algumas pessoas, no entanto, os sintomas de ansiedade podem ser tão fortes que dificulta e muito a concentração no exame.

Sintomas como náuseas, sudorese, cólicas e mãos trêmulas costumam deixar as pessoas ainda mais nervosas. No post de hoje vamos explicar um pouco mais a fundo esta questão e dar dicas de nossos psicólogos para lidar com o nervosismo antes do teste.

Quais são as causas do nervosismo de provas?

Valor Consulta Psicóloga Bárbara






Não quero informar nome ou e-mail





Dentre os maiores fatores, as expectativas do estudante é o mais influente. Por exemplo, se você acredita que irá mal na prova, é bem provável que a ansiedade apareça durante sua realização.

Além disso, o nervosismo pode ser comparado com uma bola de neve.

Após vivenciar uma forte ansiedade durante um teste, muitas pessoas podem ficar com tanto medo que isso aconteça de novo que de fato esse receio é o que causará mais nervosismo ainda na próxima prova.

Depois de sofrer vários destes episódios, muitos estudantes acreditam ser impotentes diante de tal situação.

Mas então, o que é possível fazer para prevenir ou minimizar o nervosismo? Confira a seguir as maneiras de lidar com este problema, segundo nossos psicólogos.

Durma o suficiente

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

Dormir menos de 6 horas pode ocasionar o que chamamos de déficit de sono. Dormir pouco pode deixá-lo menos ativo mentalmente, o que pode afetar negativamente o seu desempenho nos exames, mesmo que você tenha gastado as horas de sono perdidas estudando loucamente.

Portanto, é muito importante que você conclua todo o seu estudo para que você possa ter uma boa noite de sono antes do grande dia.

Estude sabiamente

Ser organizado com os seus estudos pode ajudá-lo a manter-se em dia, sem precisar fazer muitos sacrifícios para ficar afiado. Mas como estudar de forma mais inteligente?

Basta fazer uma lista de a fazeres por ordem de importância, e inicie sempre pelo topo da lista. Além disso, estime quanto tempo cada item levará para ser concluído, e compare com as horas que você tem disponível.

Desta forma você pode dividir suas tarefas e encaixar melhor os estudos dentro da sua rotina diária.

Mentalize seu êxito

Uma ótima forma de construir a sua confiança e espantar o nervosismo é visualizar-se fazendo as provas com facilidade.

Quanto mais detalhada for a sua visualização, mais real será a sensação de que você está vivenciando aquele momento de verdade. Pode parecer besteira, mas este exercício realmente ajudará você a obter um melhor desempenho.

Mantenha a calma

Os Psicólogos

Conheça a equipe de psicólogos do nosso consultório. Confira o perfil e área de atuação de cada profissional.

A EQUIPE DE PSICÓLOGOS

Hoje em dia, todos nós sabemos que o estresse prejudica a memória, por isso é importante acima de tudo manter a calma antes e durante as provas. Enquanto isso é mais fácil dizer do que fazer, existem várias técnicas de alívio de estresse que podem ajudá-lo a se acalmar rapidamente sempre que você sentir a ansiedade vindo.

Exercícios de respiração reduzem praticamente a zero a ansiedade, além de intensificar a sua concentração: basta inspirar profundamente expandindo a sua barriga, e deixar o ar sair lentamente.

Procure por auxílio profissional

Se você vem enfrentando dificuldades ao reduzir o seu nível de estresse mesmo com estas dicas, não hesite em buscar ajuda de um psicólogo especializado em desordens de ansiedade. O nervosismo em exames é algo altamente tratável através da psicoterapia, e a melhora é relatada praticamente em todos os casos.

Quem leu esse texto também se interessou por:

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autor: Thaiana F. Brotto

CRP 06/106524 – São Paulo

FORMAÇÃO

Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC