Como se sentir motivado?

Categoria dos serviços do psicólogo: depressão
Como se sentir motivado

Sentir-se motivado é importante para todas as áreas da vida de alguém. Além de conseguir inspiração com elementos externos, essa motivação também precisa vir de dentro de nós. Para isso, alguns hábitos e comportamentos podem ajudar muito para que nos sintamos motivados para as atividades do nosso dia a dia ou projetos específicos, evitando-se assim depressão e desânimo.

De vez em quando, é normal acordarmos desanimados ou deprimidos, sem vontade de fazer as nossas coisas. Isso pode acontecer por diversos motivos, como problemas no trabalho, insatisfação pessoal, conflitos familiares ou cansaço extremo. O que não é normal é que essa situação de desânimo se prolongue por períodos mais longos de tempo, atrapalhando a vida profissional e pessoal. Em casos assim, é preciso procurar a ajuda de um psicólogo.

Para você conseguir recarregar as baterias e partir para as atividades com muito mais empolgação, separamos 5 dicas valiosíssimas! Confira.

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo, para questões de depressão, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

6 atitudes para alcançar motivação

Relembre momentos de satisfação

Sabe aquelas situações de felicidade, momentos em que você sentiu-se realizado pelos seus feitos? Então, recorde-se desses momentos e lembre-se de como você é capaz.

Vá direto ao ponto

Com rotinas cada vez mais corridas, é bem comum que tenhamos tarefas demais a cumprir e que as coloquemos na frente dos nossos objetivos. É claro que algumas coisas não podemos largar, mas, pare para pensar: quais elementos você pode tirar da sua rotina para ter mais tempo para fazer o que realmente importa? Fazendo essa reflexão, é possível encontrar tempo perdido com futilidades que poderia ser muito melhor empregado. Afinal, ao abrir espaço dentro do nosso dia, já nos sentimos mais motivados.

Elimine os gatilhos

Além da falta de tempo, também usamos diversos outros gatilhos para fugir dos nossos objetivos. Procure perceber quais são as desculpas que você dá para não cumprir as suas atividades e elimine esses hábitos. Quando você perceber que está indo por esse caminho, pare logo no primeiro dia e recomece a sua atividade.

Imagine os objetivos

Praticamente tudo que fazemos é em busca de algum objetivo, não é mesmo? Pode ser uma promoção no trabalho, ganhar mais dinheiro, ter um corpo mais saudável ou ser aprovado em uma prova. Para se sentir motivado a encarar a rotina que leva a esses resultados, procure se concentrar no seu objetivo. Visualize você alcançando as suas metas, tendo ótimos resultados e sinta-se, então, mais motivado para alcançá-los.

Cerque-se de pessoas que te fazem bem

Podem ser amigos, familiares ou até colegas de trabalho. O que importa é que sejam pessoas que tragam positividade para a sua vida e boas energias. Quando conversamos, rimos e passamos tempo com pessoas especiais, nos sentimos mais animados e prontos para encarar novos desafios. Aposte nisso!

Ajuda profissional

Quando nenhuma dessas dicas funciona, pode ser sinal de que algo realmente não vai bem e que você está passando por um problema mais sério. A falta de motivação faz parte do quadro de sintomas de doenças psicológicas, como a depressão. Por isso, é fundamental buscar ajuda de um psicólogo. Só ele poderá avaliar se a sua falta de motivação está dentro da normalidade e, caso não esteja, te oferecer o tratamento mais adequado para a sua saúde.

Outros textos que podem lhe interessar

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.