Emagrecimento é sinônimo de autoestima?

Categoria dos serviços do psicólogo: distubios alimentares
Emagrecimento é sinônimo de autoestima

Cada vez mais a questão da aparência e “corpo ideal” é retratada às pessoas, principalmente ao público feminino, embora venha crescendo também ao público masculino, como algo que precisa ser feito, caso contrário, poderá não haver aceitação de outros grupos.

Esse é um tema que traz inúmeras opiniões, tanto de especialistas, esportistas, médicos, ou mesmo de pessoas que apenas decidiram mudar seu estilo de vida.

Precisamos entender o principal ponto: não é errado enquanto não faz mal à saúde e ao dia-a-dia do indivíduo. Quando o mesmo inicia um processo de automedicação, acreditando que meios mais “fáceis” o trarão resultados mais rápidos e satisfatórios, isto pode acarretar em problemas sérios de médio e longo prazo.

Quando falamos em problemas, estamos nos referindo a problemas de saúde física e mental, pois é fato que, ao tentar alcançar um objetivo não tão palpável, a busca por isso gera ansiedade e angústia, que podem levar o indivíduo a ter comportamentos alterados e inapropriados, tanto consigo mesmo, quanto com os que o cercam.

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo, para questões relacionadas a distúrbios alimentares, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

Compartilhar os pensamentos é importante

Sempre damos ênfase quando se trata de expor aquilo que se está sentindo. Angústia, medo, ansiedade, stress; são sentimentos que, guardados, podem trazer desconforto para quem o sente, gerando o que chamamos de psicossomatização.

Psicossomatização é o estado em que o indivíduo passa a ter reações físicas com algo que está pensando ou sentindo. É o tipo de coisa que não se pode constatar em exames médicos. Por isso damos importância ao fato do paciente expor o que está sentindo, como forma de aliviar aquele sentimento. Expor aos familiares, aos amigos, ao professor; são formas de falar e ouvir outra opinião sobre aquilo que está afligindo, e, acreditem: isso ajuda!

Não ultrapasse os seus limites

Estar em dia com a sua saúde e bem-estar é a melhor coisa que você pode fazer por si mesmo. São coisas que nenhuma outra pessoa poderá fazer por você, então, ame-se, acima de tudo. Estar um pouco acima do peso, não estar em dia com a academia ou “pisar na jaca” no final de semana, não é motivo de autotortura ou decepção.

Lembre-se que todos somos seres humanos, com momentos um pouco mais difíceis, dias em que não estamos a fim de seguir a ferro e fogo todas as nossas próprias exigências, e nem por isso estamos errados ou somos fracassados.

Não se culpe o tempo inteiro porque você não seguiu sua dieta à risca em plena segunda-feira, ou porque você prometeu que acordaria às 07h da manhã no domingo para correr no parque, e, quando o despertador tocou, você simplesmente virou para o lado e continuou dormindo. Saiba encontrar seus limites e viva de acordo com o seu ritmo. Cada pessoa é única e você se faz único por ser assim, exatamente como você é.

Outros textos que podem lhe interessar

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.