Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Por que fazer terapia?

Categoria dos serviços do psicólogo: psicoterapia
Porque fazer terapia

A terapia é a forma de aplicação de uma ciência, a psicologia. Por isso, ao contrário do que muitos podem pensar, não é bobagem e nem tempo perdido: é um tipo de tratamento com base em estudo, sólido e sustentável.

As pessoas costumam buscar a ajuda de um psicólogo pela terapia quando não se sentem mais capazes de lidar sozinhos com os seus problemas.

A principal função da terapia é auxiliar na mudança de um comportamento, sentimento ou pensamento que esteja impedindo a pessoa de perceber a vida em sua forma real.

Muitas vezes, os problemas que temos não são tão óbvios nem mesmo para nós e, por isso, é fundamental a ajuda e percepção de um especialista para conseguir atingir um resultado positivo.

Quando procurar a terapia?

Períodos de stress, luto, incertezas, tristezas e conflitos fazem parte da vida de todos. Justamente por isso que é um pouco difícil perceber quando a situação sai do comum e exige a ajuda de um profissional.

Conheça a seguir alguns sinais que indicam que é a hora certa de procurar um psicólogo e iniciar uma terapia.

Intensidade de emoções

Com que frequência e intensidade você se sente nervoso ou triste? Se isso chega a atrapalhar o seu dia a dia, é sinal de que a intensidade das suas emoções está passando do normal.

Preocupações desproporcionais e criação de cenários pessimistas fazem parte desse sintoma.

Trauma

Valor Consulta Psicóloga Clarissa






Não quero informar nome ou e-mail





Um acidente, o fim de um relacionamento, a perda de um ente querido ou outra mudança repentina na vida.

Quando a dor causada pelo trauma não vai embora sozinha e a tristeza começa a interferir na rotina e no seu comportamento, é bom procurar um psicólogo para compreender porque você ainda se sente tão afetado por esse trauma e começar a trabalhar em uma melhora.

Imunidade baixa

Cada vez uma coisa: dores de cabeça, problemas de estômago, dores no corpo ou gripes. Essas doenças podem estar sendo uma resposta do seu corpo a um problema psicológico. É bem comum isso acontecer, pois quando o nosso emocional está afetado, o nosso corpo reage.

Drogas, álcool ou comida

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

Na tentativa de anestesiar ou mascarar os maus sentimentos, muitas pessoas começam a procurar conforto nas drogas, bebidas ou na alimentação.

Se você percebe que está consumindo mais bebida alcoólica, ou sente mais vontade de procurar essas e outras substâncias químicas, é sinal de que algo não vai muito bem.

A mudança no apetite também pode ser inversa e a pessoa não ter mais vontade nenhuma de se alimentar.

Insatisfação

Os Psicólogos

Conheça a equipe de psicólogos do nosso consultório. Confira o perfil e área de atuação de cada profissional.

A EQUIPE DE PSICÓLOGOS

Os hobbies que você sempre teve, gostava e te faziam felizes, já não te chamam mais a atenção.

Você não sente mais vontade de sair com os amigos, praticar um esporte ou frequentar um curso que antes gostava muito. É uma sensação de desilusão, de que tudo é vão e nada faz sentido.

Relacionamentos desgastados

Amigos, familiares e namorados ou esposos não te agradam mais e você possui dificuldade para interagir com eles.

Muitas vezes, as pessoas mais importantes para você não conseguem compreender o que de fato está acontecendo, o porquê e o que podem fazer para ajudá-lo.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Terapia Familiar

    Terapia Familiar
    Terapia familiar ajuda na reconstrução do laço familiar, tornando a relação familiar mais firme, íntima e respeitosa para todos membros da família
  • Psicólogo ou Psicanalista

    Psicólogo ou Psicanalista
    Entenda as diferenças entre psicólogo e psicanalista, tanto na formação quanto da condução das sessões de terapia. E conclua qual é melhor para você
  • Como saber se preciso de terapia

    Como saber se preciso de terapia
    Em alguns momentos estamos alegres, com muitos motivos para sorrir. Em outros ficamos cabisbaixos, tristes. Como saber se preciso de terapia ou psicólogo?

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autor: Thaiana F. Brotto

CRP 06/106524 – São Paulo

FORMAÇÃO

Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC