Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Como iniciar uma conversa da maneira certa

como-iniciar-uma-conversa-da-maneira-certa

Iniciar uma conversa é um grande desafio para pessoas tímidas e com ansiedade social. Mas algumas dicas podem ajudar você nisso!

Algumas pessoas parecem ter um talento especial para conversar, enquanto outras têm mais dificuldades. Saber como iniciar uma conversa é uma habilidade social útil, afirmam os psicólogos.

Se você deseja impressionar um cliente em potencial, impressionar alguém em quem você tenha interesse amoroso ou apenas trocar ideias com um novo conhecido, saber como iniciar uma conversa pode ajudar você a se sentir mais confortável e confiante em uma ampla variedade de situações sociais.

É papel do psicólogo ajudar, por isso separamos algumas dicas de como iniciar uma conversa. Então siga a leitura.

Antes de iniciar a conversa

Se uma sala cheia de estranhos é sua ideia de um pesadelo, ir a uma festa ou evento de trabalho pode ser incrivelmente assustador. Esse tipo de situação social pode ser especialmente difícil se você é uma pessoa introvertida, tímida ou socialmente ansiosa.

Uma maneira de aliviar a ansiedade é se preparar. Analise mentalmente o que você quer falar e até considere praticar isso com um amigo. O primeiro passo para se tornar um incrível interlocutor é se preparar.

Se você está nervoso em iniciar uma conversa, tente estas três estratégias:

Mantenha-se positivo: pare de se preocupar em cometer um erro e tenha fé em suas habilidades. Preocupar-se demais com o que você vai dizer pode realmente fazer com que perca o controle da conversa enquanto ela está acontecendo. Em vez disso, tente manter o foco na outra pessoa e no que ela está dizendo.

Respire fundo: se você está tenso e nervoso, é menos provável que se sinta à vontade. Tente ficar relaxado e deixe a conversa fluir naturalmente.

Apresente-se: uma das maneiras mais simples de começar é se apresentar e dar à outra pessoa a chance de fazer o mesmo. Depois que esse quebra-gelo inicial ocorrer, tente fazer uma pergunta simples ou fazer uma observação para ajudar a inspirar uma discussão mais aprofundada.

Destruidores de conversas:

Embora não seja preciso dizer, há algumas coisas que você deve evitar, a menos que esteja muito familiarizado com a pessoa com quem está falando.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

Embora comentários políticos, fofocas, reclamações e piadas ofensivas possam ser como seu tio inicia conversas durante os encontros de sua família, provavelmente não é um exemplo que você deve tentar imitar no seu dia a dia.

Qualquer coisa ofensiva, controversa ou desconfortável deve ser evitada enquanto você inicia conversas.

Há um tempo e um lugar para expressar sua opinião ou até mesmo tentar persuadir outras pessoas. Mas certifique-se de que esses tópicos sejam bem-vindos antes de iniciar um debate apaixonado.

Mantenha-se positivo

Valor Consulta Psicóloga Marcela






Não quero informar nome ou e-mail





Tente iniciar sua conversa com uma nota otimista. Evite iniciar reclamações ou fazer observações negativas. Não importa qual seja a situação, você pode encontrar algo positivo a dizer.

Comente o clima, a comida, a empresa ou o próprio evento. Dizer algo tão simples quanto você está se divertindo e esperando que seu parceiro de conversa esteja tendo uma experiência agradável também é uma boa maneira de começar uma conversa.

Mesmo que a situação em si não seja perfeita, tente dar uma olhada positiva nela. Veja alguns exemplos de comentários positivos para iniciar uma conversa.

  • “Foi realmente uma ótima apresentação, não foi?”
  • “Quem organizou este evento certamente fez um ótimo trabalho!”
  • “Sua apresentação foi excelente. Eu sinto que realmente aprendi muito!”
  • “Está muito frio hoje, mas o boletim meteorológico dizia que amanhã deve ser agradável e ensolarado.”

As pessoas tendem a responder melhor a um comentário positivo em vez de negativo. Isso ajuda a mostrar que você é uma pessoa agradável que presta atenção ao que está acontecendo. Manter-se positivo também ajuda a deixar os outros à vontade. Como resultado, as pessoas estarão mais interessadas em continuar uma conversa com você.

Comece simples

Nem toda grande conversa precisa começar com uma observação profunda, filosófica. Comentários ou perguntas simples são uma ótima maneira de começar.

Comentar sobre o clima, a sala ou a comida pode parecer clichê, mas há uma razão pela qual esse tipo de “quebra-gelo” funciona tão bem. É uma maneira simples e fácil de iniciar uma conversa, oferecendo um pouco de terreno comum entre dois estranhos.

Falar sobre coisas inconsequentes pode levar a novas conversas sobre preferências pessoais, experiências, hobbies e tópicos mais profundos que podem ajudar a criar laços sociais entre as pessoas.

Nem todo mundo adora conversar, mas pode ser um primeiro passo importante que pode levar a conversas mais profundas e significativas.

Enquanto o início de uma conversa geralmente começa por se concentrar em coisas pequenas e triviais, a pesquisa sugere que ter conversas mais profundas pode estar ligada a uma maior felicidade e bem-estar.

Aprender como iniciar uma conversa pode ajudar a levá-lo a essas conexões sociais mais consequentes.

Peça ajuda

Fazer uma pergunta é uma ótima maneira de iniciar uma conversa. Fazer isso não apenas oferece um motivo para envolver a outra pessoa, mas também uma chance de ajudar.

Ao usar essa abordagem, comece com algo simples que possa ser realizado sem muito esforço. Por exemplo, você pode perguntar a alguém se eles sabem a que horas um workshop começa ou como chegar a um local específico. Veja mais exemplos.

Os Psicólogos

Conheça a equipe de psicólogos do nosso consultório. Confira o perfil e área de atuação de cada profissional.

A EQUIPE DE PSICÓLOGOS
  • “Você sabe onde eu poderia conseguir um horário?”
  • “Você viu um brinco? Parece que perdi um.”
  • “Você sabe se haverá bebidas servidas após o workshop?”

Um dos benefícios dessa abordagem é que fazer uma pergunta simples pode levar a novas conversas sobre outros tópicos. Depois de fazer sua pergunta e a outra pessoa oferecer sua assistência, isso cria um contrato social recíproco entre você e seu parceiro de conversa.

Desde que eles ofereceram sua assistência, agora cabe a você agradecer e se apresentar. Isso pode servir como uma oportunidade para você perguntar mais sobre a outra pessoa — quem ela é, o que a traz aqui e outras questões relevantes, de acordo com o cenário e a situação.

Linguagem corporal

Às vezes, o que você não diz é tão importante quanto o que você diz. Ao iniciar uma nova conversa, é importante prestar atenção à sua comunicação não-verbal.

A linguagem corporal pode ser usada para transmitir interesse e emoção. Uma expressão amigável, postura confortável e bom contato visual, por exemplo, podem ajudar a mostrar que você tem um interesse genuíno em aprender mais sobre outra pessoa.

Por outro lado, relaxar, desviar o olhar e franzir a testa pode fazer com que o seu parceiro de conversa sinta que está entediado ou desinteressado.

Os sinais não verbais encorajadores incluem:

Uma postura aberta, que envolve manter o tronco do corpo aberto com os braços relaxados, ajuda a transmitir uma sensação de amizade.

Um bom contato visual envolve olhar os olhos de uma pessoa. Não olhe fixamente, o que pode ser ameaçador. Em vez disso, mantenha as coisas naturais, olhando para os olhos da outra pessoa, mas olhando para longe ocasionalmente.

Sorrir pode ser útil, desde que pareça genuíno e natural. Evite fingir um grande sorriso e tente dar uma expressão relaxada, mas edificante.

Ouça e expresse interesse

Pode ser intimidador tentar conversar com alguém quando sentir que você tem pouco em comum. Nessas situações, fazer com que a outra pessoa fale sobre seus próprios interesses, trabalho ou experiência pode ser uma maneira útil de iniciar uma conversa.

Faça uma pergunta sobre o que a outra pessoa faz e concentre-se em realmente ouvir o que ela tem a dizer.

As pessoas costumam gostar de falar sobre coisas pelas quais são apaixonadas; portanto, expressar um interesse genuíno pelas coisas que as outras pessoas gostam pode ser um excelente combustível para uma ótima conversa.

Encontrar um equilíbrio

Uma boa conversa não depende apenas de uma abordagem. As melhores discussões envolvem uma mistura de perguntas, ouvindo o que as outras pessoas têm a dizer e compartilhando coisas sobre você.

Uma conversa simples pode começar por:

Como Escolher seu Psicólogo

Nesse guia completo você vai conhecer tudo sobre psicólogos e psicoterapia. A escolha do psicólogo certo para você envolve diversos fatores. Descubra aqui.

COMO ESCOLHER O SEU PSICÓLOGO
  • Solicitando algumas informações básicas (“Você gostou da apresentação?”)
  • Ouvindo a resposta (“Foi ótimo! Sinto que realmente aprendi muito!”)
  • Divulgar seus próprios pensamentos (“Eu também pensava. Já tenho algumas ideias sobre como incorporar essas dicas ao meu processo de trabalho”).
  • Em seguida, você pode repetir o processo fazendo outra pergunta ou o seu parceiro de conversa pode optar por fazer uma pergunta sobre sua resposta anterior.)

Aprender como iniciar uma conversa é uma habilidade importante que pode ajudá-lo a criar conexões sociais em uma ampla variedade de contextos.

Pode ser difícil inicialmente, principalmente se você luta com a timidez ou a ansiedade social, mas ganhar muita prática é a chave para se sentir mais confortável conversando com outras pessoas.

Tente pensar em cada uma dessas interações como uma sessão de prática. Quanto mais vezes você inicia discussões com outras pessoas, mais fortes suas habilidades de conversação se tornam.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Como desenvolver a habilidade de falar em público

    Como desenvolver a habilidade de falar em público
    Como desenvolver a habilidade de falar em público ? Falar em público é uma situação que faz parte das nossas vidas, principalmente em momentos profissionais
  • Transtorno de Ansiedade Social

    Transtorno de Ansiedade Social
    O Transtorno da Ansiedade Social (TAS) ou fobia social é um problema muitas vezes mascarado sob o título da timidez, mas é preciso atenção desde seus primeiros sinais
  • Fobia Social

    Fobia Social - sintomas e tratamento
    A Fobia Social caracteriza-se por sintomas de ansiedade intensos perante situações sociais. Conheça os sintomas e saiba quando buscar ajuda.

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Sobre Psicóloga Thaiana F. Brotto

CEO do consultório Psicologo e Terapia. Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *