Medo

Categoria dos serviços do psicólogo: pânico, medo, fobia
Medo

O medo é basicamente, quando nos sentimos ameaçados por algo ou alguém, que desperta tensão e receio de que aquele algo ou alguém possa nos ferir. O ferir citado pode se enquadrar em ferimentos físicos ou emocionais.

Você pode ter medo de uma barata, de uma aranha, ou medo de uma pessoa que acaba de entrar no ônibus e que lhe aparenta um ar desconfiado. Existem inúmeras formas de medo, e é importante que você consiga entendê-las.

Quando você sente medo dentro de uma determinada situação, é normal até o momento em que aquilo, após alguns minutos, é deixado de lado e esquecido. Torna-se um problema quando este medo vira uma constante, e que pode prejudicar o indivíduo em sua rotina e dia-a-dia. Muitas vezes isto pode gerar uma grande proporção na vida do paciente, sem que ele se dê conta de tudo o que está acontecendo.

O medo, tornando-se algo constante e diário, pode gerar uma crise de ansiedade ou uma crise de pânico, o que alavanca um problema de fato maior, e que precisa ser analisado com cautela e por um profissional especializado.

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo, para questões de pânico, medo ou fobia, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

A terapia pode me ajudar?

A resposta é: sim. A terapia serve de auxílio para entender o que ocasiona este medo e quais os fatores primordiais que levam o paciente a sentir o medo, bem como seus comportamentos diante de uma situação que lhe causa desconforto.

O objetivo da terapia é sempre buscar o equilíbrio emocional do paciente, ajudá-lo a encarar situações desagradáveis de forma que não lhe trará consequências futuras. Quando falamos em consequência estamos envolvendo uma questão psicológica e ambiental. Psicológica, pois, é através daí que os comportamentos surgem, e ambiental quando se trata de outras pessoas envolvidas nestas situações, ou seja, o meio em que o indivíduo está inserido.

Os resultados aparecerão em quanto tempo?

Tudo depende da forma como a terapia é encarada pelo paciente. Não é possível estipular um tempo exato, mas podemos ter como base a forma como as sessões podem ser proveitosas ao paciente, assim como todas as informações importantes que ele consegue absorver dentro da terapia.

O terapeuta busca ser o mais claro em suas análises, para que o paciente sinta-se seguro e confortável em conseguir encontrar a solução para o que está buscando. É importante a troca de confiança para que os resultados apareçam rápido e surtam efeitos positivos na vida do paciente.

O mais importante, em qualquer tipo de queixa, é que o paciente perceba que precisa de um auxílio. Quando esta percepção se faz presente, todo o trabalho do terapeuta e os resultados da terapia tornam-se mais tranquilos e não são vistos necessariamente como um problema, mas como algo que pode ser revisto e melhorado de forma neutra e equilibrada! Confie, pois é possível sentir-se bem consigo mesmo e viver uma vida saudável!

Outros textos que podem lhe interessar

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.