Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Por que as pessoas mentem?

Categoria dos serviços do psicólogo: crescimento pessoal, crescimento profissional

A Verdade Acerca Das Mentiras

Por que as pessoas mentem

Lembra quando foi a última vez que você mentiu? Foi para alguém da família, no trabalho, ou para seu companheira/o talvez?

A mentira, sem dúvida, tem suas raízes na psicologia e pode ser a expressão de algum desequilíbrio emocional, gerando consequências desagradáveis ou confusões desnecessárias.

Todos já falamos alguma mentira, mas tem vezes que a mesma converte-se num hábito e uma ferramenta de nossos problemas que, em vez de ajudar a resolvê-los, só consegue piorá-los.

Mentir é sempre um risco, mas por que o aceitamos? Alguns exemplos de mentiras na vida diária podem aclarar o panorama da sua origem:

Por que as pessoas mentem?
  • Tenho medo de perder meu relacionamento, então minto e oculto sentimentos para evitar conflitos.
  • Minha insegurança me faz mentir com a esperança de não ser rejeitado, julgado ou criticado pelas pessoas.
  • Sinto que não sou capaz de lidar com algum problema ou com as consequências da verdade.
  • Tento me convencer de que aquela faceta da minha vida não me gera insatisfação, frustração ou desânimo.

O que existe por trás da mentira?

Como Escolher seu Psicólogo

Nesse guia completo você vai conhecer tudo sobre psicólogos e psicoterapia. A escolha do psicólogo certo para você envolve diversos fatores. Descubra aqui.

COMO ESCOLHER O SEU PSICÓLOGO

Nestes poucos exemplos já da para distinguir várias possíveis causas ou sensações relacionadas com aquelas mentiras e, não menos importantes, algumas prováveis resultados do ato de faltar à verdade:

Quando a mentira nos isola

A mentira pode ser uma boa fonte de inspiração para contos, filmes ou canções, mas na vida real deixa-nos frágeis a uma situação complexa e delicada. Ficamos sozinhos, sem conseguir falar com ninguém, com medo de nos expor. Basicamente, perdemos a confiança nas pessoas.

Valor Consulta Psicóloga Cristiane






Não quero informar nome ou e-mail





E se uma mentira for descoberta? Essas mesmas pessoas não perderiam a confiança depositada em nós? Construímos uma barreira e, pouco a pouco, vamos ficando afastados de aqueles que apreciam nossa companhia e pelos quais sentimos afeição.

Aliás, mentir é um ato cansativo e desgastante. Obrigados a representar e fingir um papel o defender uma postura cada vez que julgarmos necessário, passamos por um stress mental que também pode ter repercussões físicas.

Como é que um psicólogo pode me ajudar?

Algumas vezes a ajuda dos amigos ou da família reconforta, mas não é suficiente. Diante de tantas dúvidas e desconforto interior, é quando deveríamos considerar a ajuda de um psicólogo, por meio da psicoterapia.

Mentir não necessariamente representa uma patologia mental, mas quando atrapalha nossa vida –familiar, pessoal, laboral- talvez seja bom perguntar para algum especialista da mente humana.

Aqueles mesmos medos e ansiedades – relacionadas com a confiança e as críticas- que nos fazem mentir, talvez sejam também as razões pelas quais experimentamos tantas dúvidas para falar com um psicólogo.

Os Psicólogos

Conheça a equipe de psicólogos do nosso consultório. Confira o perfil e área de atuação de cada profissional.

A EQUIPE DE PSICÓLOGOS

Tome em conta o seguinte: uma simples consulta pode nos brindar uma perspectiva clara da nossa situação, trazendo à luz aspectos e fatores que não tínhamos considerado.

Um profissional capacitado e com forte respeito pela confidencialidade é uma mão amiga na procura das respostas de “Por que minto?” ou “Por que não posso deixar de mentir?”.

Para quem tem treinamento profissional, a mentira é um espelho que reflete uma distorcida imagem do nosso interior. É por isso que juntos, psicólogo e paciente, utilizam esses sinais como mapas e indicações na resolução dos nossos problemas.

Deixe de colecionar angústias. Tire suas dúvidas com um profissional e continue avançando no caminho da saúde mental e a harmonia interna.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Como lidar com uma demissão

    Como lidar com uma demissão
    Como lidar com uma demissão ? Ninguém está livre de perder o emprego. Ás vezes, a demissão vem quando menos se espera. Em outras, já é até aguardada.
  • Organização financeira

    Organização financeira e psicologia
    Organização financeira é uma parte muito importante da vida adulta que afeta nosso bem-estar e nosso desenvolvimento profissional e pessoal.
  • Relação com o Trabalho

    Relação com o Trabalho
    O trabalho dignifica o homem, como dizia Max Weber. Mas até que ponto é saudável a preocupação com o trabalho? Uma perspectiva da Psicologia.

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autor: Thaiana F. Brotto

CRP 06/106524 – São Paulo

FORMAÇÃO

Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC