Dificuldades em dizer “não”

Categoria dos serviços do psicólogo: crescimento pessoal, crescimento profissional

Por que pode ser difícil dizer “não”?

Aprenda a dizer NÃO

Você certamente conhece alguém que tem muita dificuldade em dizer “não” e negar os pedidos de outras pessoas, não é mesmo? Ou, você inclusive é essa pessoa. Geralmente, quem tem dificuldade em dizer “não” acaba se sobrecarregando e tentando fazer muito mais do que está a seu alcance. Isso também pode ser um medo de decepcionar os outros, uma insegurança, que no fim gera frustração e irritação consigo mesmo.

Dizer sim para tudo não significa que você é uma ótima pessoa e muito disposta a ajudar. As pessoas com esse comportamento, na verdade, costumam ser medrosas, carentes, ou, até mesmo, controladoras (e não conseguem se sentir por fora). São pessoas com baixa autoestima e que acham que só agindo dessa maneira são queridas e respeitadas pelos outros.

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo, para questões relacionadas a crescimento pessoal ou profissional, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

Saber dizer “não” é uma tarefa complicada, mas totalmente necessária. É preciso saber se impor e tomar suas próprias decisões. Isso não quer dizer que, com essa atitude, você estará deixando de ser amigo ou uma pessoa prestativa. Você estará apenas assumindo suas próprias escolhas e optando por fazer apenas aquilo que está ao seu alcance.

Dizendo “não” no trabalho

Ter dificuldades em dizer “não” no trabalho é ainda mais comum e isso acontece numa tentativa de agradar aos chefes e colegas. No entanto, o “sim” para tudo pode demonstrar falta de determinação, de postura profissional. Por isso, crie coragem e diga “não” para as atividades que não são sua responsabilidade ou tarefas que não são da sua área de conhecimento. Uma boa maneira de fazer isso é falando sobre suas outras prioridades no trabalho e explicando que não será possível se comprometer com outra atividade no momento.

Ao contrário do que pensa quem tem esse medo, a capacidade de dizer “não” pode ser ouvida até com admiração, pela disciplina e coragem embutida na resposta.

Dizendo “não” no relacionamento

Dentro de um relacionamento, a honestidade tem valor inestimável. Por isso, é mais do que preciso saber dizer “não” e impor os seus verdadeiros desejos dentro da relação e sobre diversas situações.

Para isso, não enrole, vá direto ao ponto. Evite mentiras ou desculpas bobas, tudo isso será percebido pelo seu companheiro e pode magoá-lo muito mais do que o simples “não”. Mostre que você está no comando das suas ideias, de forma delicada e educada, e evite entrar em discussões sobre a razão da sua decisão.

A partir do momento em que você tomou a decisão e comunicou ela a seu namorado, marido, amigo ou familiar, prometa a si mesmo que irá se manter nessa decisão. Essa atitude reafirma para você mesmo a importância das suas respostas e pode evitar futuros conflitos internos.

Ajuda de um psicólogo

É natural querer ser solícito e agradável, mas se calar constantemente diante das próprias decisões pode significar a necessidade de uma ajuda profissional. Um bom psicólogo pode ajudar quem tem esse medo de vencer essas barreiras e colocar-se firmemente à frente da sua própria vida.

Através da psicoterapia, é possível ter uma grande melhora nesse aspecto, pois as pessoas quando pedem a ajuda profissional já sabem os prejuízos causados por essa dificuldade em dizer não e realmente querem mudar a sua atitude.

Durante o processo terapêutico, o psicólogo ajuda o paciente a estabelecer limite em suas relações, fazendo com que ele consiga ser mais coerente com os outros e consigo mesmo. Ele também aprenderá a valorizar suas próprias vontades e necessidades e permitir a manifestação espontânea desses desejos, sem culpa alguma.

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Outros textos que podem lhe interessar