Terapia Familiar

Categoria dos serviços do psicólogo: psicoterapia
Terapia Familiar

Você sabia que a terapia familiar é um tratamento completo, que ajuda não apenas a resolver os problemas da família como os dos indivíduos? Veja como.

A terapia familiar é necessária para tratar da dor e o sofrimento da família. Todos nós temos uma família, seja ela biológica, adotiva… Ela pode ser a clássica pai-mãe-filhos, ou ainda com avós no papel de progenitores, por exemplo. Independentemente do tipo, ela é a base da nossa formação psicossocial, afirmam psicólogos. E ela pode gerar questões mal resolvidas

Nossa família afeta quem somos e quem nos tornamos, tanto para melhor como para pior. Aprendemos nosso vocabulário, nossos hábitos, nossos costumes e como observamos o mundo ao nosso redor.

E quando há problemas e disfunções a terapia familiar oferece uma maneira de ajudar a resolver problemas, trazendo bem-estar e saúde para todos.

Que tal entender mais sobre a terapia familiar? Leia o artigo!

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo para realizar psicoterapia, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

O que é Terapia Familiar?

A terapia familiar é uma forma de tratamento psicológico destinada a abordar questões específicas que afetam a saúde e o funcionamento de uma família. Pode ser usado para ajudar uma família durante um período difícil, uma transição importante ou problemas de saúde mental ou comportamental nos membros da família.

A terapia familiar considera os problemas dos indivíduos em contexto de unidade maior: a família. Para este tipo de terapia os problemas não podem ser resolvidos com sucesso sem entender a dinâmica do grupo.

O que é um psicólogo treinado em terapia familiar pode fazer?

Nesta abordagem, o terapeuta assume a responsabilidade pelo resultado da terapia. Ele pode aplicar diferentes tipos de técnicas e abordagens terapêuticas e pode acabar assumindo diversos tipos de papéis dentro do tratamento. São situações muito delicadas e que exigem um profissional treinado. Na terapia familiar, o psicólogo terá de lidar com situações como:

  • problemas comportamentais em crianças e adolescentes;
  • luto;
  • depressão e ansiedade;
  • questões LGBT;
  • violência doméstica;
  • infertilidade;
  • conflitos conjugais
  • abuso de substâncias;
  • e muitas outras questões delicadas.

Para tratar estes e outros problemas familiares, o psicólogo deve:

  • observar como as pessoas interagem dentro da unidade familiar;
  • avaliar e resolver problemas de relacionamento;
  • diagnosticar e tratar distúrbios psicológicos dentro de um contexto familiar;
  • orientar as pessoas através de crises de transição, como divórcio ou morte;
  • destacar padrões relacionais ou comportamentais problemáticos;
  • ajudar a substituir comportamentos disfuncionais por alternativas saudáveis;
  • fazer uma abordagem holística ( mente-corpo ) visando o bem-estar.

Qual é o objetivo da terapia familiar?

Resumidamente, o objetivo da terapia familiar é trabalhar em conjunto para curar qualquer problema mental, emocional ou psicológico que gera sofrimento para a família. Ela ajuda uma família a trabalhar em conjunto para uma vida mais saudável. O psicólogo visa também melhorar a comunicação, resolver problemas familiares, compreender e lidar com situações especiais e criar um ambiente doméstico mais funcional.

>>> Veja também: Relações familiares.

Quando consideramos a realidade, é o profissional terá que lidar com muitas situações complexas a fim de harmonizar um todo. Veja exemplos das diversas situações que terão de ser lidadas:

  • um membro da família está sofrendo de esquizofrenia ou psicose grave:
  • problemas decorrentes de conflitos entre gerações;
  • lidar com situações de preconceito social, em que o terapeuta tem que ajudar os membros a obterem força e estratégias tais como racismo, divórcio, casamento gay etc.
  • quando um membro se torna um bode expiatório para o problema de toda a família;

Essas são algumas das situações mais comuns vistas nos consultórios. Um psicólogo é preparado para harmonizar todas as situações, a fim de que a família possa atingir o bem-estar e a saúde como um todo.

Quais são os benefícios da terapia familiar?

Como dito, a terapia familiar visa resolver problemas e disfunções a fim de que a família possa se tornar uma unidade segura para todos os seus membros, gerando bem-estar e saúde para todos. Nela as famílias podem trabalhar em seus problemas com a orientação de um profissional de saúde em um ambiente seguro e controlado. Dentre os principais benefícios, podemos enumerar os seguintes:

  • melhora a comunicação aprimorada;
  • ajuda as pessoas a resolverem melhor seus problemas;
  • gera empatia profunda
  • reduz conflito e melhora habilidades de controle da raiva;
  • reúne a família depois de uma crise;
  • cria honestidade entre os membros da família;
  • incute confiança nos membros da família;
  • desenvolve um ambiente familiar de apoio;
  • reduz fontes de tensão e estresse dentro da família;
  • ajuda os membros da família a perdoar um ao outro;
  • resolve conflitos;
  • traz de volta familiares que foram isolados;
  • e muitos outros benefícios.

Além disso, a terapia familiar pode melhorar as habilidades necessárias de cada indivíduo para o funcionamento familiar saudável, incluindo comunicação, resolução de conflitos e resolução de problemas. Melhorar essas habilidades aumenta o potencial de sucesso na superação de problemas familiares. Na terapia familiar, o foco é fornecer a todos os membros da família as ferramentas necessárias para facilitar a cura.

Como vimos, a terapia familiar é muito benéfica para todas as pessoas. Principalmente aquelas que possuem problemas disfuncionais graves. Ela é um tratamento completo, que fortalece os indivíduos e a unidade familiar ao mesmo tempo. Ajuda as pessoas a obterem recursos e terem uma vida mais saudável e feliz.

A família é a raiz de nossa vida. É nela que nos formamos como indivíduos e muitas vezes, é dela que se originam nossos comportamentos disfuncionais e transtornos. Ao tratar a família, tratamos a raiz da nossa família e prevenimos problemas futuros.

Gostou do artigo? Então você pode se interessar por Problemas familiares: como melhorar a convivência.

Outros textos que podem lhe interessar

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.