Fobia Social: sintomas e tratamento

Categoria dos serviços do psicólogo: pânico, medo, fobia
Fobia Social

A Fobia Social é o medo irracional no qual a pessoa sente-se insegura e preocupada com os julgamentos feitos por outras pessoas, acreditando que o outro sempre está o observando, analisando e criticando. As situações podem ser variadas, tais como: ir a uma festa, falar ou comer em locais públicos, conhecer novas pessoas, fazer uma apresentação ou entrar em lugares muito cheios (como elevadores, por exemplo).

Durante a situação social, a ansiedade leva o indivíduo a enfrentar altos níveis de sofrimento. Ao sair da situação, a ansiedade diminui – o que reforça seu comportamento de se esquivar de novas situações.

A Fobia social é mais comum do que as pessoas pensam e atinge metade da população entre adolescentes e adultos.

Fobia Social x Timidez

A fobia social se difere da timidez pelo grau de intensidade da ansiedade sentida e pelo grau de prejuízos que esta traz à vida da pessoa. A fobia social abala a autoestima e, em alguns casos, contribui para o desenvolvimento de isolamento e depressão, entre outros quadros clínicos de ansiedade.

Se você estiver procurando psicólogo em São Paulo, para questões de pânico, medo ou fobia, então conheça os psicólogos que prestam serviços de psicologia no nosso consultório, veja o valor das sessões e agende sua consulta aqui mesmo pelo site.

Sintomas de Fobia Social

Os sintomas físicos podem incluir palpitações, falta de ar, sensação de desmaio, dificuldade para falar, sudorese intensa, tremores e náuseas. Estas reações causam forte insegurança, levando a pessoa a duvidar de suas capacidades. É comum a pessoa fantasiar que os outros estão percebendo os sinais de tremor, alteração na voz ou enrubescimento, o que pode aumentar a intensidade dos sintomas – torna-se um ciclo.

Tratamento para Fobia Social

Por meio de técnicas psicológicas, a pessoa com fobia social aprende a praticar o autogerenciamento, de forma a controlar o nível de ansiedade durante a situação, bem como a identificação de distorções cognitivas, fundamental para que o indivíduo avalie objetivamente seus pensamentos, de forma a construir uma nova perspectiva da situação. Essas técnicas colaboram para as pessoas superarem seus medos, e o treinamento de habilidades sociais ajuda a pessoa a sentir-se mais confortável com outras pessoas, em situações que envolvem a socialização.

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autora: Andreia Aragão (Psicóloga CRP 06/113713)

Outros textos que podem lhe interessar